Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/737
Tipo: Dissertação
Title: Condicionantes edáficas para a monodominância do gênero Peltogyne (Fabaceae) na Ilha de Maracá, Roraima, Norte da Amazônia brasileira
Other Titles: Edaphic conditions for the monodominance of the genus Peltogyne (Fabaceae) in the Island of Maracá, Roraima, Northern of the Brazilian Amazon
Autor(es): Villacorta , Carlos Darwin Angulo
Primeiro Orientador: Barbosa, Reinaldo Imbrozio
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Carvalho, Lidiany C. S.
Resumo: Populações de florestas monodominantes do gênero Peltogyne (Fabaceae) ocorrem naturalmente na ilha de Maracá e áreas adjacentes, Roraima, norte da Amazônia Brasileira. Esse conjunto florestal monodominante vem sendo associado a solos com altas concentrações de magnésio (Mg). Contudo, investigações recentes e de maior abrangência espacial indicam que as características ambientais que propiciam a ocorrência de monodominância desse gênero podem estar associados a outras condições ambientais não relacionadas ao Mg. Estabelecer um novo paradigma para a monodominância desse gênero em Maracá contribui para melhorar a compreensão de processos ecológicos e evolutivos das espécies florestais regionais. O objetivo deste estudo foi determinar as variáveis edáficas que condicionam a monodominância do gênero Peltogyne (P.gracilipes + P. paniculata) em florestas ecotonaisde Roraima. Foram avaliados os fatores topográficos, tomando como base o gradiente de altitude, além das características físicas e químicas do solo para arquitetar o padrão ambiental que define a monodominância desse gênero. Para tanto, foi realizado um inventário florestal em 129 parcelas de 10 m x 50 m (500m2), totalizando 6,45 ha distribuídos sistematicamente no setor leste da Ilha de Maracá. Todos os indivíduos arbóreos com diâmetro a altura do peito (DAP) ≥ 10 cm foram inventariados e distintos em três grupos: Palmeiras (Arecaceae), Peltogyne (P. gracilipes + P. paniculata) e Outras Árvores (demais indivíduos arbóreos). Altitude, variáveis edáficas (textura e fertilidade) e macro caracterização da drenagem (mal ou bem drenado) foram observados em todas as parcelas amostrais. Foram adotadas técnicas de estatística descritiva e análise multivariada (NMDS: Non metric multidimentional scaling) associadas a regressões lineares para investigar quais variáveis melhor respondem pela monodominância de Peltogyne. Biomassa arbórea acima do solo (AGB) foi utilizada como descritor da composição e da estrutura de cada parcela amostrada, sendo utilizada como variável dependente nas análises de regressão. Foram observados 3068 indivíduos dos quais 292 pertenceriam ao gênero Peltogyne. A altitude diferiu significativamente tomando como base as parcelas com presença/ausência de Peltogyne (t = 33.24 e p < 0.00001), indicando que as maiores concentrações desse gênero são preferencialmente encontradas em ambientes de baixa altitude associados a inundações sazonais. O uso de regressões lineares indicou que, além da altitude (R2=0.34; p < 0.00001), altas concentrações de Fe+2 (R2=0.31; p < 0.00001) também estão associadas a monodominância de Peltogyne como resultante de solos mal drenados. O poder preditor do Mg foi muito baixo. A conclusão deste estudo é que a monodominância de Peltogyne no setor leste da Ilha de Maracá está associada a sua tolerância a ambientes com restrições hidro-edáficas, onde predominam solos mal drenados (baixa altitude e anoxia temporal) e maiores concentrações de Fe+2 , onde o papel do Mg é secundário.
Abstract: Populations of monodominant forests of the genus Peltogyne (Fabaceae) occur naturally on the island of Maracá and adjacent areas, Roraima, northern of the Brazilian Amazon. This monodominant forest set has been associated to soils with high concentrations of magnesium (Mg). However, recent investigations with larger spatial coverage indicate that the environmental features that allow the occurrence of monodominance of this genus may be associated with other environmental conditions not related to Mg. Establishing a new paradigm for the monodominance of this genus in Maracá contributes to improve the compression of the ecological and evolutionary processes of the regional forest species. The objective of this study was to determine the environmental variables that determine the monodominance of the genus Peltogyne (P. gracilipes + P. paniculata) in forests of the northern ecoregion of Roraima. The topographic factors were evaluated based on the altitudinal gradient, as well as the physical and chemical characteristics of the soil to architect the environmental model that defines the monodominance of this genus. For this purpose, a forest inventory was carried out in 129 plots (10 m x 50 m each = 6.45 ha) distributed systematically in the eastern sector of Maracá Island. All arboreal individuals with diameter at breast height (DBH) ≥ 10 cm were inventoried and distinct in three groups: Palms (Arecaceae), Peltogyne (P. gracilipes + P. paniculata) and Other Trees (other arboreal individuals). Altitude, edaphic variables (texture and fertility) and macro characterization of drainage (poor or well drained) were observed in all sample plots. Non-metric multidimensional scaling (NMDS) techniques associated with linear regressions were used to investigate which variables best answer for the Peltogyne monodominance. Tree aboveground biomass (AGB) was used as descriptor of the composition and structure of each sample plot, being used as a dependent variable in the regression analysis. A total of 3068 individuals were observed, of which 292 belonged to the genus Peltogyne. The altitude differed significantly based on the plots with presence or absence of Peltogyne (t = 33.24 and p <0.00001), indicating that the highest abundance of this genus are preferentially found in low altitude environments associated with seasonal flooding. The use of linear regressions indicated that in addition to altitude (R2 = 0.34, p <0.00001), the high concentrations of Fe+2 (R2 = 0.31, p <0.00001) are also associated with the monodominance of Peltogyne response to the poorly drained soils. The predictive power of Mg was very low. The conclusion of this study is that the monodominance of Peltogyne in the eastern sector of the Maracá Island is associated with its tolerance to environments with high hydro-edaphic restrictions, dominated by poorly drained soils (low altitude and temporal anoxia) and high concentrations of Fe+2, where the role of Mg is secondary.
Keywords: Amazônia
Monodominância
Peltogyne
Florestas Sazonais
Ecótono
Ilha de Maracá
Amazon
Monodominance
Seasonal Forests
Ecotone
Maracá Island
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/737
Issue Date: 2017
Appears in Collections:PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Condicionantes edáficas para monodominância do gênero Peltogyne... VillaCorta.pdfDissertação1,84 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons