Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/732
Tipo: Dissertação
Title: Gênero e meio ambiente na Amazônia roraimense : um olhar sobre o encontro da água com a vida de mulheres do Projeto de Assentamento Equador, Rorainópolis
Other Titles: Gender and environment in Amazonia roraimense : a look at the meeting of the water with the lives of women of the Settlement Project Ecuador, Rorainópolis
Autor(es): Sousa, Maria Aparecida Silva de
Primeiro Orientador: Vital, Marcos José Salgado
Resumo: As mulheres trabalhadoras rurais têm seu cotidiano demarcado por várias questões culturais, sócio-econômicas e ambientais, articuladas como uma rede que interfere no estabelecimento da condição de saúde. Como um importante eixo de ligação nessa rede, investigou-se a influência da utilização e gestão da água para consumo doméstico na saúde de mulheres moradoras no Projeto de Assentamento Equador (Rorainópolis/RR), bem como os condicionantes sócio-econômicos, culturais e ambientais que interagem no contexto. Dados sócio-econômicos foram coletados através de questionários aplicados com 35 mulheres, entre 16 e 79 anos, moradoras nas localidades: Vicinal Trairi, Arara Vermelha/Vila Bragança, Arara Vermelha/BR 174, Vicinal Arara Vermelha, Vila Equador e Vicinal 1. Amostras de água consumida pela população foram analisadas segundo a técnica de fermentação em tubos múltiplos associada à do Número Mais Provável (NMP) e pela densidade de bactérias heterotróficas. Os resultados sinalizam que no PA Equador o quadro epidemiológico caracteriza-se como ambiente de paisagem antropizada, endêmica para doenças infecciosas como leishmaniose, malária e hepatite; ausência de serviços públicos na maioria das localidades; alto número de agravos em mulheres nos anos de 2008 (874 mulheres e 355 homens, total: 1.224) e 2009 (732 mulheres e 263 homens, total: 995). As DST´s e inflamações no útero são grandes responsáveis pelos altos números de agravos sofridos pelas mulheres. Os homens são os mais atingidos nos casos de: leishmaniose e hanseníase. O viés patriarcal aparece nas relações de gênero, especialmente na organização do trabalho, onde as mulheres assumem majoritariamente a responsabilidade pelo abastecimento de água, realizado manualmente em 60% das moradias pesquisadas, pelo trabalho doméstico, acumulado às atividades produtivas, exigindo-lhes tempo e esforço físico consideráveis. Problemas de saúde associados ao esforço físico foram citados por mulheres entrevistadas (dores na cabeça e na coluna). Associado às dificuldades de acesso, a qualidade da água consumida representa um alto risco para a população, pois, nas análises das nove amostras de água investigadas detectou-se apenas duas adequadas ao padrão de potabilidade exigido pela Portaria 518/2004 do Ministério da Saúde. Conclui-se como determinantes potencialmente geradores de agravos e riscos à saúde das mulheres da área pesquisada: o contexto sócio-ambiental; ausência de serviços públicos; jornada ampliada pelo acúmulo do trabalho reprodutivo (trabalho doméstico) e produtivo (agricultura, extrativismo); tempo e esforço físico dedicado rotineiramente com a atividade de suprimento de água; ausência de saneamento básico e a qualidade da água consumida.
Abstract: The rural women workers have their routine marked by various cultural, socioeconomic and environmental questions articulated as a network that interferes with the establishment of health status. As a major link in the network, we investigated the influence of the use and management of water for domestic consumption and health of women living in the Settlement Project Equador (Rorainópolis/RR) and the socio-economic, cultural and environmental interacting in the context. Socio-economic data were collected through questionnaires with 35 women between 16 and 79 years living in the localities: Vicinal Trairi, Arara Vermelha / Vila Bragança, Arara Vermelha / BR 174, Vicinal Arara Vermelha, Vila Equador and Vicinal 1. Samples of water consumed by the population were analyzed using the technique of multiple tube fermentation associated with the most probable number (MPN) and the density of heterotrophic bacteria. The results indicate that the PA Equador the epidemiological environment is characterized by a disturbed landscape, endemic infectious diseases such as leishmaniasis, malaria and hepatitis, absence of public services in most locations and a high number of injuries in women in the years 2008 ( 874 women and 355 men, total: 1224) and 2009 (732 women and 263 men, total: 995). DST's and inflammation in the uterus are largely responsible for the high numbers of injuries suffered by women. Men are the most affected in cases of: leishmaniasis and leprosy. The bias appears in patriarchal gender relations, especially the organization of work, where women mostly take responsibility for water supply, performed manually in 60% of households surveyed, domestic work, accumulated productive activities, requiring them time and considerable physical effort. Health problems associated with physical exertion were cited by interviewees (pains in the head and spine). Associated with difficulties of access, quality of drinking water represents a high risk to the population, therefore the analysis of nine water samples investigated were found to be only two suitable for drinkable standard required by Order 518/2004 of the Ministry of Health. It follows as determinants potentially leading to injuries and health risks to women of the area studied: the socio-environmental context, absence of public services, extended working day by the buildup of reproductive work (domestic work) and productive (agriculture, extraction), time and routine physical effort devoted to the activity of water supply, lack of sanitation and quality of water consumed.
Keywords: Gênero
Mulheres
Saúde
Água
Roraima
Amazônia
Gender
Women
Health
water
Amazon
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/732
Issue Date: 2010
Appears in Collections:PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gênero e meio ambiente na Amazônia roraimense... Sousa.pdfDissertação3,08 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons