Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/73
Tipo: Dissertação
Title: Composição química e bioatividade do óleo essencial das folhas frescas e secas de Melaleuca quinquenervia (Cav.) S. T. Blake (MYRTACEAE)
Autor(es): Silva, Francisco dos Santos
Primeiro Orientador: Costa, Habdel Nasser Rocha da
Resumo: O estado de Roraima apresenta uma flora com grande variedade de espécies em sua composição, onde também são inseridas espécies de outros estados e países, onde estas apresentam grande facilidade de adaptação. Sabe-se que a composição química dos metabólitos encontrados em plantas podem variar com a forma de cultivo, clima e solo. Verificou-se a existência da espécie Melaleuca quinquenervia (Cav.) S. T. Blake no Campus Paricarana, Universidade Federal de Roraima. Esta espécie pertence a família Myrtaceae, gênero Melaleuca, sua ocorrência é predominantemente na Austrália, sendo importante fonte de óleos essenciais, porém verifica-se a existência de M. quinquenervia no sudeste do Brasil. Um estudo realizado com o óleo essencial apresentou variações na composição comparando com a espécie natural da Austrália, podendo haver uma variação em Roraima. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência diurnal no rendimento, composição química e bioatividades para o óleo essencial de M. quinquenervia encontrada em Boa Vista-RR. Foram coletadas folhas durante dois períodos do ano (chuvoso e seco) em quatro horários durante o dia (06:00, 12:00, 18:00 e 00:00 horas). As extrações com material vegetal fresco e seco ocorreu durante o ano de 2015. O método de extração utilizado para a obtenção do óleo essencial foi a hidrodestilação. Foi verificada uma variação significativa no rendimento, sendo que o óleo extraído no período de estiagem e às 18:00 horas apresentou o maior rendimento (2,05 ± 0,17 %) superior ao encontrado na literatura. Dentre todas as extrações realizadas não verificou-se variação qualitativa dos constituintes, somente quantitativa, sendo identificados 24 constituintes, encontrando-se 9 constituintes majoritários, dentre eles o 1,8 cineol, viridiflorol, α-terpineol, α-pineno, guaiol, óxido de cariofileno, limoneno, mirceno, terpinen-4-ol, respectivamente. O óleo apresentou 60% de 1,8 cineol indicando que o quimiótipo desta espécie encontrada em Boa Vista-RR pertence ao quimiótipo Viridiflorol conforme apresentado na literatura, contudo foi biossintetizado o 1,8 cineol. Os óleos extraídos em maio e outubro apresentaram alta toxicidade 375,74 μg.mL-1 e 359,58 μg.mL-1 respectivamente para o teste com A. salina. A atividade antioxidante (DPPH) foi apresentada pelos dois óleos (maio e outubro), porém a CE50 foi bem inferior ao comparar com o padrão de quercetina. Os óleos conseguiram inibir o crescimento de Bacillus cereus e Salmonella typhimurium. Conclui-se que o óleo essencial de M. quinquenervia obtido em Boa Vista-RR apresenta bons percentuais para inibição de atividades biológicas, indicando que esse óleo possa ser utilizado para outros bioensaios.
Abstract: The state of Roraima has a flora with a variety of species in its composition, which are also inserted species from other states and countries where they have great ease of adaptation. It is known that the chemical composition of the metabolites in plants may vary with the form of cultivation, weather and soil. It was the existence of the species Melaleuca quinquenervia (Cav.) S. T. Blake on Campus Paricarana, Federal University of Roraima. This species belongs to Myrtaceae Melaleuca genus, its occurrence is predominantly in Australia, being an important source of essential oils, but there is the existence of M. quinquenervia in southeastern Brazil. A study of the essential oil showed variations in the composition compared to natural species in Australia, and there may be a variation in Roraima. The aim of this study was to investigate the diurnal influence on yield, chemical composition and bioactivities to the essential oil of M. quinquenervia found in Boa Vista-RR. They leave for two periods of the year were collected (wet and dry) at four different times during the day (06:00, 12:00, 18:00 and 00:00). Extractions with fresh and dried plant material occurred during the year 2015. The extraction method used to obtain the essential oil was the hydrodistillation. A significant change was recorded in the income, and the oil extracted in the dry season and at 18:00 had the highest yield (2.05 ± 0.17%) higher than that found in the literature. Of all the extractions performed not there was a qualitative change in the constituents, only quantitative and identified 24 constituents, meeting 9 major constituents, including the 1.8 cineol, viridiflorol, α-terpineol, α-pinene, guaiol, oxide caryophyllene, limonene, myrcene, terpinen-4-ol, respectively. The oil showed 60% of 1.8 cineole chemotype indicating that this species found in Boa Vista-RR belongs to Viridiflorol chemotype as shown in the literature, but was biosynthesized 1,8 cineole. The oils extracted in May and October showed high toxicity 375.74 μg.mL-1 and 359.58 μg.mL-1 respectively to the test with A. salina. The antioxidant activity (DPPH) was presented by the two oils (May and October), but the EC50 was much lower when comparing with the standard of quercetin. The oils were able to inhibit the growth of Bacillus cereus and Salmonella typhimurium. It is concluded that the essential oil of M. quinquenervia obtained in Boa Vista-RR has good percentage for inhibiting biological activity, indicating that this oil can be used for other bioassays.
Keywords: Myrtaceae
Atividade biológica
Toxicidade
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: CCT - Centro de Ciência e Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: PPGQ - Programa de Pós-Graduação em Química
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/73
Issue Date: 18-Aug-2016
Appears in Collections:PPGQ - Programa de Pós-Graduação em Química



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.