Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/659
Tipo: Tese
Title: Determinação do coeficiente de cultura (Kc) para o manejo da água e domesticação do Camu-camu (Myrciaria dubia (Kunth McVaugh) em terra firme
Other Titles: Determination of the crop coefficient (Kc) for water management and domestication of Camu-camu (Myrciaria dubia (Kunth McVaugh) on dry land
Autor(es): Rodriguez, Carlos Abanto
Primeiro Orientador: Chagas, Pollyana Cardoso
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Araújo, Wellington Farias
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Chagas, Edvan Alves
Resumo: O camu-camu é um recurso genético da Amazônia com grande potencial de uso devido a suas propriedades nutracêuticas, porém, por ser uma cultura em processo de domesticação técnicas que auxiliem na adaptação ex situ, tem que ser desenvolvidas. Nesse sentido, objetivou-se determinar o coeficiente de cultura (Kc) para o manejo da água e domesticação do camu-camu (Myrciaria dubia (Kunth) McVaugh) em terra firme, tanto, pelos métodos de lisimetria quanto por medição indireta da umidade em campo final; no primeiro foram utilizados lisímetros de drenagem e no segundo foram utilizados sensores de umidade do solo (10HS®) calibrados. Para ambos métodos, foram utilizadas 6 plantas de camu-camu, sendo cada duas com 2, 4 e 6 anos de idade com características semelhantes em altura, área foliar, diâmetro de caule e número de ramos basais e terminais. Logo em uma planta de cada idade foi colocada cobertura vegetal morta (CVM) composta de restos de capim Trachypogon plumosus na área de influência da copa com a finalidade de determinar os efeitos sobre o consumo de água com e sem CVM. Para a determinar Kc, foi necessário calcular a ETo pelo método de Penman-Monteith/FAO, e a ETc pelo balanço hídrico nos lisímetros e em campo final. Depois de dois anos de avaliações (junho, 2017 a junho de 2019) foi possível obter o consumo de água em plantas com 2, 3, 4, 5, 6 e 7 anos, pelo fato que, cronologicamente alcançaram mais um ano de idade. O Kc determinado com os dois métodos apresentou valores similares até aos 6 anos de idade com e sem CVM. Pelo contrário, nas plantas com 7 anos foi observado que os valores determinados nos lisímetros foram superiores aos verificados com os sensores 10HS®, pois o tamanho do lisímetro não foi o suficientemente grande para comportar o desenvolvimento do sistema radicular das plantas de 7 anos de idade. Por esta razão, pode-se utilizar como referência o Kc das plantas com CVM até os 6 anos de idade em ambos métodos, porém para o sétimo ano de máxima frutificação em diante, recomenda-se o Kc obtido pelo segundo método estudado com CVM.
Abstract: Camu-camu is a genetic resource in the Amazon with great potential for use due to its nutraceutical properties, however, as it is a culture in the process of domestication techniques that assist in ex situ adaptation, must be developed. In this sense, the objective was to determine the crop coefficient (Kc) for water management and domestication of camu-camu (Myrciaria dubia (Kunth) McVaugh) on uplands, both by the methods of lysimetry and by indirect measurement of humidity in final field; in the first, drainage lysimeters were used and in the second, calibrated soil moisture sensors (10HS®) were used. For both methods, 6 camu-camu plants were used, each with 2, 4 and 6 years of age with similar characteristics in height, leaf area, stem diameter and number of basal and terminal branches. Soon, in a plant of each age, a vegetable mulch (VM) composed of remains of Trachypogon plumosus grass was placed in the area of influence of the crown in order to determine the effects on water consumption with and without VM. To determine Kc, it was necessary to calculate ETo by the Penman-Monteith/FAO method, and ETc by the water balance in the lysimeters and in the final field. After two years of evaluations (June 2017 to June 2019) it was possible to obtain water consumption in plants with 2, 3, 4, 5, 6 and 7 years, because, chronologically, they reached another year of age. The Kc determined with both methods showed similar values up to 6 years of age with and without VM. On the contrary, in plants with 7 years it was observed that the values determined in the lysimeters were superior to those verified with 10HS® sensors, because the size of the lysimeter was not big enough to support the development of the root system of the plants of 7 years of age. For this reason, the Kc of plants with VM up to 6 years of age can be used as a reference in both methods, but for the seventh year of maximum fruiting onwards, the Kc obtained by the second method studied with VM is recommended.
Keywords: Caçari
Necessidades híbridas
Cobertura vegetal morta
Lisímetro de drenagem
Kc
Hydric needs
Vegetable mulch
Drainage lysimeter
ECHO20 10HS
Sensors
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: BIONORTE - Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/659
Issue Date: 2020
Appears in Collections:PPG-BIONORTE - Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Biotecnologia da Rede Bionorte

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Determinação do coeficiente de cultura (Kc) para o manejo da água... Rodriguez.pdfTese6,83 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons