Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/592
Tipo: Dissertação
Title: Doses de pó de basalto no desenvolvimento inicial de mudas de fruteiras nativas da Amazônia
Other Titles: Doses of powder basalt in the initial development of seedlings of native fruits of the Amazon
Autor(es): Welter, Marina Keiko
Primeiro Orientador: Melo, Valdinar Ferreira
Resumo: O incentivo à produção de mudas de fruteiras nativas é um importante passo para a preservação das espécies, para sua exploração comercial sustentável, gerando emprego e renda para a população local. A utilização de fertilizantes alternativos como pó de basalto, propicia a obtenção de um substrato com maior fertilidade, pois é rico em macro e micronutrientes, sendo que a liberação gradativa dos nutrientes reduz os custos com mão-de-obra e com a reposição de adubação. Com o objetivo de estudar o desenvolvimento inicial de mudas de fruteiras nativas, em função de doses de pó de basalto, conduziu-se o presente trabalho no Campo Experimental do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Roraima, em Casa de Vegetação. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com 5 repetições em esquema fatorial (5x2 +1), sendo 5 doses de pó de basalto (0,42, 1,04, 2,08, 4,17 e 8,33 g kg-1), 2 granulometrias (0,05 e 0,10 mm) e uma testemunha. Foram usados vasos de polietileno com capacidade de 14 kg, preenchido com substrato composto por 20% de vermicomposto e 80% de um Latossolo Amarelo Distrófico. Utilizou-se dose padrão 1,04 g kg-1de pó de granito e 0,058 g kg-1 de superfosfato triplo como fontes de K e P, respectivamente. A incubação do substrato dos vasos teve duração de 120 dias e após esse período fez-se o transplante das plântulas de açaí, camu-camu e murici. Determinou-se os teores e conteúdos de nutrientes foliares, a altura, o diâmetro do coleto, o número de ramos e de folhas, a biomassa seca da parte aérea e de raízes, e os índices morfológicos das mudas. Concluiu-se que o pó de basalto com granulometria 0,05mm proporcionou maiores teores de Ca, Mg, Fe e Zn, melhor capacidade de troca catiônica, menor acidez potencial, acidez trocável e saturação por Al+3 no substrato. No geral, mudas de açaí e camu-camu submetidas às doses com granulometria de 0,05 mm apresentaram melhor crescimento e as mudas de murici de melhor qualidade foram obtidas nas doses com granulometria mais grossa.
Abstract: The incentive to produce seedlings of native fruits is an important step towards the preservation of species, for their commercial development, generating employment and income for local people. The use of alternative fertilizers such as powdered basalt, allows obtaining a substrate with higher fertility, it is rich in macro and micronutrients, and the slow release of nutrients reduces the cost of manpower and the replacement of fertilization. With the aim of studying the early development of seedlings of native fruit trees to different levels of powdered basalt, we conducted this study at the Experimental Center of Agrarian Sciences, Federal University of Roraima, in a greenhouse. The experimental design was randomized blocks with five replications in a factorial (5x2 +1), 5 doses of basalt powder (0.42, 1.04, 2.08, 4.17 and 8.33 g kg-1), two particle sizes (0.05 and 0.10 mm) and a witness. Vessels were used polyethylene with a capacity of 14 kg, filled with substrate composed of 20% of a Latosol Typic Dystrophic and 80% of vermicompost. We used standard dose 1.04 g kg-1of granite powder and 0.058 g kg-1 of superphosphate as sources of P and K, respectively. The substrate incubation vessel lasted 120 days and thereafter became the transplant seedlings Açaí, Camu-camu and Murici. It was determined the contents and leaf nutrient, height, diameter, number of branches and leaves, the dry matter of shoots and roots, and morphological indices of seedlings. It was concluded that the basalt powder with particle size 0.05 mm resulted in higher levels of Ca, Mg, Fe and Zn, the better cation exchange capacity, lower potential acidity, exchangeable acidity and Al+3 saturation in the substrate. Overall, seedlings of Açaí and Camu-camu subjected to doses with size 0.05 mm showed better growth, seedling Murici of better quality were obtained at doses with coarser grain size.
Keywords: Fertilizante alternativo
Açaí
Camu-camu
Murici
Rochagem
Alternative fertilizer
Stonemeal
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: WELTER, Marina Keiko. Doses de pó de basalto no desenvolvimento inicial de mudas de fruteiras nativas da Amazônia. 2010. 150f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal de Roraima, Boa Vista, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/592
Issue Date: 2010
Appears in Collections:POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Doses de pó de basalto no desenvolvimento inicial de mudas de fruteiras nativas da Amazônia...Welter.pdfDissertação3,81 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons