Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/588
Tipo: Dissertação
Title: Bactérias diazotróficas endofíticas em cultivares de milho em áreas de cerrado e mata no Estado de Roraima
Autor(es): Gomes, Maria de Lourdes
Primeiro Orientador: Zilli, Jerri Édson
Resumo: Plantas de milho se associam com bactérias diazotróficas e podem se beneficiar da Fixação Biológica de Nitrogênio - FBN, porém esses microrganismos apresentam variações quanto aos genótipos e ambientes onde são isoladas. O objetivo deste trabalho foi estruturar uma coleção de bactérias diazotróficas endofíticas, bem como avaliar a densidade e a diversidade em 4 genótipos de milho, (variedades BRS 4157 e BR 106; híbridos BRS 1010 e BRS 3030), cultivados em área de cerrado e mata alterada no Estado de Roraima, em solos submetidos ou não a aplicação de nitrogênio na forma de uréia. As bactérias endofíticas foram isoladas e caracterizadas fenotipicamente no meio de cultura DYG’S sólido e identificadas quanto à capacidade de FBN em meio de cultura semi-sólido BMGM. Posteriormente, as bactérias diazotróficas foram caracterizadas nos meios de cultura semi-seletivos JMV, LGI e NFb (3x) juntamente com bactérias usadas como referências: HRC54 (Herbaspirillum seropedicae), CBAmC (Azospirillum amazonense), Ppe8 (Burkholderia tropica), M130 (Burkholderia kururiensis) e Sp7 (Azospirillum brasilense). Estas bactérias foram agrupadas através do índice de similaridade SM (Simple Matching) e avaliou-se a diversidade através do índice de Shannon-Weaver. Foram obtidos 537 isolados de bactérias endofíticas, destas, 55 apresentaram capacidade de FBN. A população das bactérias diazotróficas variou de 0,83 a 10,8 x 103 células g-1 de tecido radicular e o valor máximo encontrado no colmo foi de 0,83 células g-1 de tecido vegetal. Além disso, tanto a percentagem de bactérias diazotróficas endofíticas em relação ao número total de bactérias, quanto o número de bactérias diazotróficas endofíticas isoladas refletiram uma interação entre as cultivares de milho e os ambientes. Com 85% de similaridade entre as bactérias, constatou-se a formação de doze grupos fenotípicos e poucos isolados se assemelharam às bactérias usadas como referências. Observou-se ainda que as bactérias se agruparam em relação à cultivar e ao ambiente de onde foram isoladas e que a presença de nitrogênio não interferiu no agrupamento. A presença de nitrogênio aumentou a densidade das bactérias em área de cerrado, ambiente caracterizado por menor teor de matéria orgânica no solo. Foi observada maior diversidade de bactérias em área de mata em relação ao cerrado e nas variedades de milho em relação aos híbridos.
Abstract: Maize plants associate with diazotrophic bacteria and can be benefitted by Biological Nitrogen Fixation - BNF, however these microorganisms present some variations in relation to the vegetal genotypes and environment where are isolated. The aim of this study was structure a collection of endophytic diazotrophic bacterias as well as characterize the density and diversity of the bacterias in four maize genotypes (varieties BRS 4157, BR 106 and hybrids BRS 1010 and BRS 3030), cultivated in cerrado and altered forest area in Roraima, with and without application of nitrogen fertilizer. The endophytic bacterias were isolated and phenotypically characterized in DYG'S solid culture medium and inoculated in BMGM semi-solid culture medium to evaluate nitrogen fixation capacity. The endophytic diazotrophic bacterias were later characterized in semi-selective culture medium JMV, LGI and NFb (3x) together with bacterias used as references: HRC54 (Herbaspirillum seropedicae), CBAmC (Azospirillum amazonense), Ppe8 (Burkholderia tropica), M130 (Burkholderia kururiensis) e Sp7 (Azospirillum brasilense). These bacterias were clustered using Simple Matching similarity index and the diversity was evaluated by the Shannon- Weaver index. A total of 537 endophytic bacterias isolated were obtained, and 55 presented BNF capacity. The population of diazotrophic bacterias ranged from 0.83 to 10.8 x 103 cells g-1 of the root and it presented in a maximum of 0.83 cells g-1 of the vegetable stem. Besides, so much the diazotrophic bacterias percentage in relation to the total number of endophytic bacterias, as well as the number of diazotrophic bacterias isolated, reflected an interaction among the maize cultivars and environments. Twelve phenotypic groups were verified with 85% of similarity among the bacterias, and few isolated were similar to the references strains. The bacterias clustered in relation to maize cultivars and environment where were isolated and, the presence of nitrogen did not interfered in the bacterias clustering. The presence of nitrogen increased the bacterias density in cerrado area that was the environment which presented smaller soil organic matter content. It was also observed larger diversity of bacterias in forest area in relation to the cerrado and in the maize varieties in comparison to the hybrids.
Keywords: Zea mays
Fixação biológica de nitrogênio
Amazônia
Caracterização
Biological nitrogen fixation
Amazon
Characterization
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/588
Issue Date: 2009
Appears in Collections:POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons