Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/575
Tipo: Dissertação
Title: Propagação vegetativa com o uso de estacas herbáceas de Camu-camu (Myrciaria dubia (Kunth) Mc Vaugh) em câmara de subirrigação
Autor(es): Andrade, Jeysse Kelly Carvalho de
Primeiro Orientador: Chagas, Edvan Alves
Resumo: O camu-camu contém um elevado teor de ácido ascórbico e atualmente tem despertado o interesse de diversos setores industriais como fármaco, cosmético e alimentício. Torna-se necessário o avanço nas técnicas de propagação dessa espécie para que a mesma possa ser domesticada e se converta numa atividade agrícola de importância econômica. A propagação vegetativa por estaquia proporciona a formação de mudas de qualidade, fixando características agronômicas desejáveis de forma eficiente. O sucesso na propagação vegetativa por estaquia depende de fatores ambientais e endógenos. Neste contexto, objetivou-se no presente trabalho avaliar a produção de mudas de camu-camu através da propagação por estacas herbáceas em câmara de subirrigação. Para tal, foram conduzidos três experimentos, sendo o primeiro testando o efeito de diferentes concentrações (0, 200, 400, 600, 800 e 1000 mgL-1) de AIB e tempos de imersão (5 segundos, 10, 20 e 30 minutos). No segundo, utilizaram-se os mesmos fatores e níveis do primeiro experimento, porém com o uso de ANA. No terceiro, avaliou-se o enraizamento de diferentes populações nativas de camu-camu. O delineamento experimental dos dois primeiros experimentos foram inteiramente casualizados, em esquema fatorial 6x4, com três repetições e dez estacas por repetição. O terceiro experimento foi inteiramente casualizado com 12 tratamentos e quatro repetições, e dez estacas por repetição, sendo os tratamentos constituídos pelas populações BRB MU, BRB EV, RB BQ, RB LM, RJA, IAB, RQ, RJI, BRB ON, BRB AT, IPI, BRB AB. A câmara de subirrigação mostrou-se um ambiente adequado para a propagação vegetativa via enraizamento de estacas herbáceas de camu-camu como forma de multiplicação clonal de genótipos superiores. Maior sucesso na propagação vegetativa de camu-camu via enraizamento de estacas herbáceas é obtida com o uso de 324,2 mg.L-1de AIB e 10 minutos de imersão. Maior sucesso na propagação vegetativa de camu-camu via enraizamento de estacas herbáceas é obtida na ausência de ANA. Existe variabilidade populacional na capacidade rizogênica de estacas herbáceas de camu-camu. As populações IAB (100%), RJI (95%), IPI e RB BQ (92%), seguidas das populações RB LM (87,50%) e RJA (85%), são as que apresentam maior capacidade rizogênica.
Abstract: The camu-camu has a high content of ascorbic acid and currently is awakening interest of several industrial sectors such as drug, cosmetic and alimentary. It is necessary to advance in the techniques of propagation of this species so it can become domesticated and become an important agricultural activity. The vegetative propagation by cuttings provides the formation of quality seedlings, securing desirable agronomic characteristics efficiently. Success in vegetative propagation by cuttings depends on environmental and endogenous factors. In this context, the aim of this study was to evaluate the production of camu-camu seedlings by softwood cuttings in subirrigation chamber. For this, three experiments were conducted, the first testing the effect of different concentrations (0, 200, 400, 600, 800 e 1000 mg L-1) and immersion times (5 seconds, 10, 20 e 30 minutes), using IBA. The second used the same factors and levels but with the use of NAA. In the third evaluated the rooting of different native populations of camu-camu. The experimental design of the first two experiments was completely randomized, factorial 6x4, with three replications and ten in each replication. The third experiment was completely randomized with 12 treatments and the treatments consisted of the populations BRB MU, BRB EV, RB BQ, RB LM, RJA, IAB, RQ, RJI, BRB ON, BRB AT, IPI, BRB AB. The subirrigation chamber proved be a suitable environment for vegetative propagation by rooting softwood cuttings of camu-camu as a form of clonal multiplication of superior genotypes. Greater success in vegetative propagation of camu-camu by rooting softwood cuttings obtained using 324,2 mg.L-1of IBA and 10 minutes of immersion. Greater success in vegetative propagation of camu-camu by rooting softwood cuttings obtained in the absence of NAA. Population variability exists in the capacity for rooting softwood cuttings of camu-camu. The populations IAB (100%), RJI (95%), IPI and RB BQ (92%), followed by populations RB LM (87,50%) and RJA (85%), were those with greater capacity for rooting.
Keywords: Amazônia
Fruteira nativa
Estaquia
Fitorregulador
Amazon
Native tree fruit
Cuttings
Phytoregutator
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/575
Issue Date: 2014
Appears in Collections:POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons