Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/566
Tipo: Dissertação
Title: Prática de linguagem e a constituição identitária num espaço hospitalar multilíngue e intercultural
Autor(es): Alencar, Sílvia Helena Freitas
Primeiro Orientador: Freitas, Déborah de Brito Albuquerque Pontes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Souza, Carla Monteiro de
Resumo: A pesquisa é uma análise da relação linguagem e identidade a partir das narrativas de três mulheres de perfil linguístico e cultural diferente: duas brasileiras (uma indígena e uma não-indígena) e uma guianense (não indígena) que viveram, no período de abril a junho de 2009, uma experiência de contato em um espaço hospitalar público multilíngue. O objetivo foi investigar as práticas de linguagem e a constituição identitária de sujeitos que conviveram em um quarto do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, em Boa Vista, capital do Estado de Roraima. Trata-se de uma abordagem pautada na Linguística Aplicada por ser uma área do conhecimento que dialoga com outros saberes como a Antropologia, as Ciências Sociais, os Estudos Culturais, entre outros, delineando assim um caráter transdisciplinar. Nesta perspectiva, as narrativas dessas mulheres, registradas em diário de campo e em entrevistas semiestruturadas gravadas em áudio, foram roteirizadas e trianguladas com outros registros, tais como: entrevistas com direção e funcionários do hospital, documentos oficiais disponibilizados pela instituição, fotos e croqui. Para a análise, trago uma discussão inicial dos construtos linguagem e identidade, perpassando por outros, tais como: representação, cultura, memória, oralidade, narrativa, alteridade, sendo o eixo central a linguagem. A pergunta de pesquisa que orientou o estudo foi: Como se davam as práticas de linguagem e o processo identitário em um espaço hospitalar multilíngue e intercultural? As discussões desenvolvidas a partir desse questionamento evidenciam que o contato com práticas de linguagem e de cultura diferentes proporcionou às mulheres a ressignificação de si e dos outros e aponta como expectativa, que este trabalho visibilize a existência de um contexto hospitalar sociolinguisticamente complexo. Percebi, ainda, que as práticas estabelecidas nesse lugar revelaram a possibilidade de ampliar as ações institucionais que abarquem a eterogeneidade e a abertura de um diálogo intercultural.
Abstract: The research is an analysis of the language and identity from the narratives of three women from different cultural and linguistic profile: two Brazilian (one indigenous and one non-indigenous) and a Guyanese (non-indigenous) who lived in the period from April to June 2009, an experience of contact in a multilingual public hospital space. The aim was to investigate the language practices and identity formation of individuals who lived in a room of Maternal and Child Hospital, in Boa Vista, Roraima state capital. It is an approach based in Applied Linguistics as an area of knowledge in dialogue with other knowledge such as Anthropology, Social Sciences, Cultural Studies, among others, thus outlining an interdisciplinary character. In this perspective, the narratives of these women, recorded in a field diary and semistructured audio taped interviews were scripted and triangulated with other records, such as interviews with management and employees of the hospital, official documents provided by the institution, photos and sketches. For the analysis, I bring an initial discussion of language and identity constructs, passing by others, such as representation, culture, memory, orality, narrative, otherness, and the central axis of the language. The research question that guided the study was: How did language practices and identity process happen in a multilingual and intercultural hospital space? The discussions developed from this question show that contact with different language and culture practices provided women the redefinition of themselves and others and shows as expectation that this work visible the existence of a complex sociolinguistic hospital context. I noticed also that the established practices in place revealed the possibility of expanding the institutional actions that encompass the heterogeneity and the opening of an intercultural dialogue.
Keywords: Linguagem
Identidade
Narrativas
Contexto multilíngue e intercultural
Language
Identity
Narratives
Multilingual and intercultural context
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PPGL - Programa de Pós-Graduação em Letras
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/566
Issue Date: 2012
Appears in Collections:PPGL - Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Prática de linguagem e a constituição identitária num espaço hospitalar multilíngue... Alencar.pdfDissertação5,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons