Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/483
Tipo: Dissertação
Title: Diversidade de cupins e suas relações edáficas em savana estépica na formação Surumu, Roraima
Other Titles: Diversity of termins and their edaficas relations in savana estepic in Surumu formation, Roraima
Autor(es): Oliveira, Meiriane Nunes de
Primeiro Orientador: Vale Júnior, José Frutuoso do
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Acioli, Agno Nonato Serrão
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Schaefer, Carlos Ernesto G. R.
Resumo: A fauna de cupins desempenha um importante papel na engenharia ecossistêmica, atuam na ciclagem de nutrientes, gênese de solos e manutenção da heterogeneidade em savanas. Esta pesquisa objetiva a análise da diversidade e a ação dos cupins sobre os atributos edáficos da Formação Surumu, ambiente de savana no estado de Roraima. A diversidade de cupins foi estimada através de um protocolo rápido de coleta traçado em Argissolo e Planossolo. Foram encontradas 16 espécies pertencentes às famílias Rhinotermitidae (uma única espécie) e Termitidae subdividida nas subfamílias Apicotermitinae (sete espécies), Nasutitermitinae (cinco espécies) e Termitinae (três espécies). A composição faunística de espécies frequentes é semelhante nas duas classes de solo, quatro espécies foram consideradas eudominantes, duas dominantes e três subdominantes, porém a composição das seis espécies raras difere nas classes de solos. A espécie epígea A. excellens, construtora de grandes cupinzeiros, é considerada eudominante na paisagem. Os resultados da riqueza de espécies, abundância e dominância da família Termitidae na Formação Surumu, assemelham-se aos biomas cerrado e caatinga. A nidificação dos cupins apresenta seis espécies que constroem ninhos difusos, seis espécies hipógeas e apenas três espécies construtoras de ninhos epígeos. O grupo trófico dominante pertence aos humívoros, seguidos dos xilófagos, intermediários e ceifadores, sendo evidente a correlação entre nidificação e alimentação. Três espécies foram designadas exclusivas de ambientes abertos, dentre elas Cortaritermes intermedius e Grigiotermes sp.A não apesentavam registro de ocorrência na Amazônia, evidenciando aspectos ainda não detalhados sobre a fauna de cupins na área de estudo, impulsionando questionamentos para futuras pesquisas. As análises laboratoriais e estatísticas dos atributos físicos e químicos comprovam diferenças entre o material dos cupinzeiros de A. excellens e solos adjacentes nas duas classes de solo, a concentração de argila por seleção de partículas finas de solos subsuperficiais foi comprovada e explica a retenção de nutrientes (N, P, K, Ca2+, Mg2+) e matéria orgânica concentrada nos ninhos por ação dos cupins. Houve diferenças significativas na densidade e volume de cupinzeiros nas classes duas classes de solos estudadas, nos Argissolos a densidade é baixa (13,5 cupinzeiros por hectare) e os ninhos são mais altos (2.08 m) e volumosos (25.48 m3ha-1), já nos Plintossolos a densidade é alta (40 cupinzeiros por hectare) e os ninhos são mais baixos (1.57 m) e menos volumosos (14.31 m3ha-1), essa dinâmica é ocasionada pelas condições paleoclimáticas, hidropedológicas, disponibilidade de argila, tempo e competição intra-específica. A estimativa calculada de erosão e decaimento dos cupinzeiros após a morte da colônia pode criar um manto de até 11.46 cm em Argissolo e 18,89 cm em Plintossolo, totalizando 30,35 cm de material que será devolvido ao sistema do solo, enriquecendo-o com altas concentrações de argila enriquecida com nutrientes. A bioturbação promovida pela espécie A. excellens modifica a paisagem e cria ilhas de fertilidade, possibilitando associação com a vegetação, mantendo a heterogeneidade do ambiente. A capacidade de modificar os atributos edáficos químicos e físicos, evidencia a importância da engenharia ecossistêmica dessa espécie no ciclo dos nutrientes e gênese do solo em savana estépica roraimense.
Abstract: Termite fauna plays an important role in ecosystem engineering, acting on nutrient cycling, genesis of soils and maintenance of heterogeneity in savannas. This research aims at the analysis of the diversity and the action of termites on the edaphic attributes of the Surumu Formation, savanna environment in the state of Roraima. The termite diversity was estimated through a fast collection protocol plotted in Argisols and Planosols. Six species belonging to the families Rhinotermitidae (a single species) and Termitidae subdivided into the subfamilies Apicotermitinae (seven species), Nasutitermitinae (five species) and Termitinae (three species) were found. The faunistic composition of frequent species is similar in both soil classes, four species were considered eudominant, two dominant and three subdominants, but the composition of the six rare species differs in the soil classes. The epigeal species Amitermes excellens, the constructor of large termite mounds, is considered eudominant in the landscape. The results of the species richness, abundance and dominance of the Termitidae family in the Surumu Formation, resemble the cerrado and caatinga biomes. The nesting of termites presents six species that construct diffuse nests, six hypogeous species and only three species that construct epigeal nests. The dominant trophic group are the humivores, followed by the xylophagous, intermediates and reapers, being evident the correlation between nesting and feeding. Three species were designated exclusive of open environments, among them Cortaritermes intermedius and Grigiotermes sp. A did not show record of occurrence in the Amazon, evidencing still not detailed aspects about termite fauna in the study area, impelling questions for future research. The termite fauna plays a significant role in determining the differences between the material of termites of A. excellens and adjacent soils in the two soil classes, the concentration of clay by selection of fine particles of subsurface soils has been proven and explains the nutrient retention (N, P, K, Ca2+, Mg2+) and organic matter concentrated in the nests by the action of termites. There were significant differences in the density and volume of termite mounds in the two classes of soils studied, in the Argisols the density is low (13.5 termites per hectare) and the nests are higher (2.08 m) and bulky (25.48 m3ha-1e), already Plintosols density is high (40 termites per hectare) and nests are lower (1.57 m) and less voluminous (14.31 m3ha-1), this dynamics is caused by paleoclimatic, hydropedological conditions, clay availability, time and intra-specific competition. The calculated estimate of erosion and decay of termite mounds after colony death can create a mantle of up to 11.46 cm in Argisols and 18.89 cm in Plintosols, totaling 30.35 cm of material that will be returned to the soil system, enriching it with high concentrations of nutrient enriched clay. The bioturbation promoted by the species A. excellens modifies the landscape and creates islands of fertility, allowing association with the vegetation, maintaining the heterogeneity of the environment. The ability to modify the chemical and physical edaphic attributes evidences the importance of the ecosystem engineering of this species in the nutrient cycle and soil genesis in the Estoravian savannah of Roraima.
Keywords: Diversidade de cupins
Cupinzeiro
Pedobioturbação
Ciclagem de nutrientes
Gênese de solos
Termite diversity
Termite mound
Pedobioturbation
Nutrient cycling
Genesis of soils
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/483
Issue Date: 2018
Appears in Collections:PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diversidade de cupins e suas relaçoes edáficas em savana estépica na formação Surumu, RR... Oliveira.pdfDissertação2,45 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons