Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/469
Tipo: Dissertação
Title: Estrutura, biomassa arbórea e composição florística de ilhas de mata da savana de Roraima, norte da Amazônia brasileira
Autor(es): Almanza Jaramillo, Margarita Maria
Primeiro Orientador: Barbosa, Reinaldo Imbrozio
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Carvalho, Lidiany Camila da Silva
Resumo: Ecossistemas florestais dispersos em matrizes de savana da Amazônia vêm sofrendo vários tipos de impactos antropogênicos, em especial fogo recorrente e extração seletiva. O estoque de carbono na biomassa destes sistemas e a sua contribuição como mitigador dos impactos gerados pelo aquecimento global são pobremente conhecidos. O objetivo deste estudo foi estimar a biomassa arbórea viva acima do solo em ilhas de mata (fragmentos florestais) antropizadas da savana de Roraima, norte da Amazônia Brasileira. Foram avaliados os seguintes fatores: dimensão do fragmento, estrutura florestal (tomando como base a posição no gradiente: borda e interior) e as características físicas e químicas do solo. Foi realizado um inventário florestal em 12 ilhas de mata escolhidas aletoriamente, levando em consideração três categorias dimensionais (k = 3): ilhas grandes (20-60 ha), médias (10-20 ha) e pequenas (< 10 ha). Em cada categoria foram estudadas quatro ilhas (n = 4) e, em cada ilha foram estabelecidas subparcelas (76 no total). Todos os indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) ≥ 10 cm foram inventariados. A altura total de cada indivíduo foi estimada visualmente. O cálculo da biomassa arbórea viva acima do solo (AGB) para todos os indivíduos inventariados foi realizado pelo método indireto a partir de uma equação alométrica. Foram observados 1087 indivíduos de 112 espécies arbóreas (incluindo morfoespécies) pertencentes a 29 famílias botânicas. Pouteria surumuensis Baehni (Sapotaceae) foi a espécie mais abundante em todas as categorias dimensionais. Ilhas de maior dimensão possuem maior abundância de espécies de crescimento tardio e clímax, enquanto espécies pioneiras predominam em ilhas de menor dimensão. A biomassa arbórea não diferiu entre a borda e o interior dos fragmentos, independente da dimensão. Contudo, a biomassa arbórea para fragmentos grandes (469,9 Mg ha-1), médios (357,1 Mg ha-1) e pequenos (206,4 Mg ha-1) diferiu significativamente (ANOVA; Tukey0,05), indicando que fragmentos maiores possuem maior AGB. A biomassa arbórea viva não apresentou relação com as características físicas e químicas do solo. A conclusão deste estudo é que biomassa arbórea viva acima do solo das ilhas de mata da savana de Roraima varia em função da dimensão do fragmento, mas independe da posição no gradiente (borda – interior), não indicando relação significativa com estrutura física ou fertilidade do solo.
Abstract: Forest ecosystems dispersed in matrices of Amazonian savannas have been suffering many types of anthropogenic impacts, in particular recurrent fire and selective logging. The carbon stock in the biomass of these systems and its contribution to mitigation of impacts generated by global warming are poorly known. The aim of this study was to estimate the living above ground biomass in anthropized forest islands (forest fragments) in the Savanna of Roraima, Northern Brazilian Amazon. Environmental factors were evaluated: the fragment dimension, forest structure (based on the position in the gradient: edge and interior) and the physical and chemical soil characteristics. A forest inventory was carried out in 12 forest fragments randomly chosen, taking into account three-dimensional categories (k = 3): large islands (20-60 ha), medium (10-20 ha) and small (< 10 ha). In each category were studied four fragments (n = 4) and in each fragment subplots were established (76 in total). All individuals with tree diameter at breast height (DBH) ≥ 10 cm were inventoried. The total height of each individual was estimated visually. Living above ground biomass was calculated for all individuals inventoried using indirect method (allometric equation). One thousand and eight seven (1087) individuals were observed of 112 tree species (including morphospecies) belonging to 29 botanical families. Pouteria surumuensis Baehni (Sapotaceae) was the most abundant species in all dimensional categories. Forest islands with larger dimensions have higher abundance for both late-growing and climax species, while smaller islands were dominated by pioneer species. The living above ground biomass did not differ between the edge and the interior of fragments regardless of dimension. However, the forest biomass of large (469.9 Mg ha-1), medium (357.1 Mg ha-1) and small (206.4 Mg ha-1) fragments differed significantly (ANOVA; Tukey0.05), indicating that larger fragments have higher living above ground biomass. The living above ground biomass did not present any relationship with the physical and chemical soil characteristics. The conclusion of this study is that living above ground biomass of forest islands in the Savanna of Roraima varies depending on the fragment size, but is independent of the position in the gradient (edge-interior), indicating no significant relationship with the structure or soil fertility.
Keywords: Amazônia
Savana
Carbono
Fragmentos florestais
Florestas sazonais
Aquecimento global
Amazon
Savanna
Carbon
Forest fragments
Seasonal forest
Global warming
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/469
Issue Date: 2015
Appears in Collections:PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons