Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/449
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Lima, José Carlos Franco de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1209851771895595pt_BR
dc.creatorSales, Ivy Élida Guimarães-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8941313047066156pt_BR
dc.date.accessioned2022-01-07T17:50:33Z-
dc.date.available2022-
dc.date.available2022-01-07T17:50:33Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationSALES, Ivy Élida Guimarães. Festejar e conviver: uma etnografia na Comunidade Indígena Canauanim. 2019. 88f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Universidade Federal de Roraima, Boa Vista, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/449-
dc.description.abstractEste artículo se refiere al análisis antropológico de un Festival Indígena, un evento que se caracteriza como una forma de celebrar y presentar la cultura de los pueblos indígenas, una forma de presentar las diferencias culturales entre indígenas y no indígenas; Las fiestas se dividen en presentaciones culturales tradicionales, indígenas y atracciones que se llaman cultura no indígena. Por lo tanto, la fiesta observada aquí representa lo que sucede más generalmente en los festivales indígenas de la región, donde las comunidades indígenas de Roraima han estado celebrando eventos que buscan mostrar y valorar la cultura indígena, como una forma de relacionar los eventos actuales con los festivales. pasado Así, a partir de una experiencia de convivencia se construyó el análisis y la comprensión sobre el grupo étnico y el evento. Por lo tanto, la etnografía se estaba construyendo a partir de una inspiración de lo que propone la antropología del desempeño (TURNER, 1974; 2005), como un intento de capturar el movimiento presente en una comunidad que se organiza para organizar una fiesta. Otro punto a destacar es pensar en la trayectoria de la investigación, los caminos que se estaban construyendo después del evento, la relación investigador-campo. A partir de las experiencias, la información obtenida mostró que la, fiesta aporta una sociabilidad Wapichana (CAVALCANTE et al, 2003). Una iniciativa que tiene el propósito de atraer una audiencia creciente, porque el evento mueve la economía local. Una celebración que celebra la cultura local y une el pasado a través de la tradición.pt_BR
dc.description.resumoEste trabalho refere-se a análise antropológica sobre uma Festa Indígena, um estudo realizado entre junho de 2018 a junho de 2019, um evento que se caracteriza como sendo uma forma de festejar e apresentar a cultura dos povos indígenas, uma forma de apresentar as diferenças culturais entre o indígena e o não-indígena; as festas se dividem entre as apresentações culturais tradicionais indígenas e as atrações que são denominadas da cultura não indígena. Desta forma, a festa aqui observada representa o que ocorre de um modo mais geral nas Festas Indígenas da região, onde as comunidades indígenas de Roraima vêm realizando eventos que buscam mostrar e valorizar a cultura indígena. Com isso, partindo de uma experiência de convivência foi sendo construída a análise e o entendimento sobre o grupo étnico e o evento. De modo que a etnografia foi sendo construída a partir de uma inspiração do que propõe a antropologia da performance (TURNER, 1974; 2005), como uma tentativa de capturar o movimento presente em uma comunidade que se organiza para a realização de uma festa. Outro ponto de destaque é pensar a trajetória da pesquisa, os caminhos que foram sendo construídos após o evento ocorrido, a relação pesquisadora-campo. Partindo das experiências e das vivências, as informações obtidas mostraram que a festa traz uma sociabilidade Wapichana (CAVALCANTE et al, 2003). Uma iniciativa que tem a proposta de atrair um público cada vez maior, pois o evento movimenta a economia local. Uma festa que celebra a cultura local e estabelece uma ponte com o passado através das tradições.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Shirdoill Batalha (shirdoill.batalha@ufrr.br) on 2022-01-07T17:50:33Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1037 bytes, checksum: 996f8b5afe3136b76594f43bfda24c5e (MD5) Festejar e conviver_uma etnografia na Comunidade Indígena Canauanim... Sales.pdf: 1899460 bytes, checksum: 1e2d0ff5d7f2f4b901abfb4346d23231 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2022-01-07T17:50:33Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1037 bytes, checksum: 996f8b5afe3136b76594f43bfda24c5e (MD5) Festejar e conviver_uma etnografia na Comunidade Indígena Canauanim... Sales.pdf: 1899460 bytes, checksum: 1e2d0ff5d7f2f4b901abfb4346d23231 (MD5) Previous issue date: 2019en
dc.description.sponsorshipAgência 1pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Roraimapt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentPRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduaçãopt_BR
dc.publisher.programPPGANTS - Programa de Pós-Graduação em Antropologia Socialpt_BR
dc.publisher.initialsUFRRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/*
dc.subjectSociabilidade Wapichanapt_BR
dc.subjectFesta indígenapt_BR
dc.subjectPerformancept_BR
dc.subjectEtnografia da convivênciapt_BR
dc.subjectSociabilidad Wapichanapt_BR
dc.subjectFiesta indígenapt_BR
dc.subjectEtnografía de la convivenciapt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIApt_BR
dc.titleFestejar e conviver : uma etnografia na Comunidade Indígena Canauanimpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Appears in Collections:PPGANTS - Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Festejar e conviver_uma etnografia na Comunidade Indígena Canauanim... Sales.pdfDissertação1,85 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons