Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/422
Tipo: Dissertação
Title: Utilização e manejo do Buriti (Mauritia flexuosa L. f.) em comunidades indígenas na etnoregião do baixo São Marcos-RR
Other Titles: Use and management of Buriti (Mauritia flexuosa L. f.) in indigenous communities in the low ethnoregion São Marcos-RR
Autor(es): Sganzerla, Andressa Raquel Stroschein
Primeiro Orientador: Bethonico, Maria Bárbara de Magalhães
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Carvalho, Lidiany Camila da Silva
Resumo: Mauritia flexuosa L., conhecida por buriti, é uma palmeira de grande importância cultural e de subsistência para comunidades tradicionais do estado de Roraima, que possuem ricos conhecimentos integrados ao uso de espécies vegetais. Diante disso, a pesquisa teve como objetivo caracterizar o manejo do buriti nas comunidades indígenas Darora e Ilha - Terra Indígena São Marcos - RR. Para tanto, a localização das áreas de uso do buriti e o levantamento sobre conhecimento e usos tradicionais do Buriti foi realizado a partir de entrevistas, oficinas e observações. Os dados de estrutura e dinâmica populacional foram levantados com a delimitação de 15 parcelas amostrais de 400 m² com a distribuição dos buritizeiros nas classes ontogenéticas: plântula, juvenil, imaturo e adultos. A partir disso, foi observado que as relações sociedade-natureza estabelecidas com o buriti são direcionadas basicamente à subsistência, não havendo comercialização significante de produtos delas advindos. Os indígenas ainda possuem critérios de escolhas para seleção de buritis para extração de palhas e frutos que dependem da finalidade da extração e do estágio em que se encontra o recurso na natureza. Quanto a estrutura e dinâmica populacional, a grande parte dos indivíduos esteve concentrado no estádio de plântulas e reprodutivos. A mortalidade foi observada, predominantemente, em indivíduos com DAP acima de 20 cm, e suas parcelas com excesso de folhas secas sobre o solo, caracterizando indícios de que esses indivíduos eram senescentes. Os dados obtidos sugerem que o manejo dos indígenas para essa atividade afeta de forma positiva a produção de novas folhas, com notável aumento nos indivíduos com marca de retiradas em momentos anteriores. Vários problemas sobre a escassez dos recursos provenientes dos buritizais foram relatados pelos indígenas. O principal deles esteve relacionado com a falta de palhas suficiente para a cobertura dos telhados das casas. Situação relacionada com o crescimento populacional e consequentemente a necessidade de uma quantidade maior do recurso. O fogo, culturalmente empregado para a preparação de locais para a construção de roças e para a renovação de pastagens nativas para a criação do gado, juntamente com o pastejo e o pisoteio do gado e de cavalos, acabam pressionando negativamente a regeneração dos buritizais pelo baixo número de indivíduos jovem das populações. Tendo em vista, as evidências de perturbações devido a ateada do fogo e à presença desses animais nas proximidades dos buritizais, conclui-se que essas perturbações antrópicas podem vir a causar distúrbios que atrapalham o desenvolvimento das plântulas até o estágio juvenil/adulto e, consequentemente, os buritizais correm sérios riscos de desaparecer aos poucos, caso o problema com a regeneração não se reestabeleça juntamente com a mortalidade dos indivíduos adultos como um processo normal no ciclo dos buritizeiros. Para tanto, considera-se que a construção de aceiros e cercas entre áreas de uso para a criação do gado e os buritizais, a elaboração de um plano para a construção de práticas de manejo sustentável, assim como um registro das retiradas de palha podem proporcionar uma melhor qualidade de vida aos indígenas das comunidades evitando novos prejuízos no ambiente.
Abstract: Mauritia flexuosa L., known as buriti, is a palm tree of great cultural importance and subsistence for traditional communities in the state of Roraima, which have rich knowledge integrated with the use of plant species. The objective of this research was to characterize the management of buriti in the indigenous communities of Darora and Ilha - Indigenous Land of São Marcos - RR. In order to do so, the location of buriti areas of use and the survey on traditional knowledge and uses of buriti were carried out through interviews, workshops and observations. The data of structure and population dynamics were collected with the delimitation of 15 sample plots of 400 m² with the distribution of buritizeiros in ontogenetic classes: seedling, juvenile, immature and adults. From this, it observed was that the society-nature relations established with buriti directed are to subsistence, and there is no significant commercialization of products from them. The indigenous still have criteria of selection for buritis selection for straw and fruit extraction that depend on the purpose of the extraction and the stage in which the resource is found in nature. Regarding population structure and dynamics, the majority of the individuals were concentrated at the seedling and reproductive stages. Mortality was observed predominantly in individuals with DBH above 20 cm, and their plots with excess dry leaves on the soil, characterizing signs that these individuals were senescent. The data obtained suggest that the management of the Indians for this activity positively affects the production of new leaves, with a notable increase in the individuals with mark of withdrawals in previous moments. The Indians reported several problems about the scarcity of resources from the buritizais. The main one related was to the lack of straw enough to cover the roofs of the houses. Situation related to population growth and consequently the need for a greater amount of resource. The fire, culturally used for the preparation of sites for the construction of fields and for the renewal of native pastures for cattle raising, together with the grazing and trampling of cattle and horses, end up negatively pressing the regeneration of the buritizais by the low Number of young individuals in the populations. In view of the evidence of disturbance due to fire fighters and the presence of these animals near the burials, it concluded is that these anthropic disturbances may cause disturbances that hinder the development of the seedlings until the juvenile / adult stage. Consequently, Burials are seriously at risk of fading away if the problem of regeneration does not re-establish itself along with the mortality of adult individuals as a normal process in the buritizeiros cycle. In order to do so, it is considered that the construction of firebreaks and fences between areas of use for cattle and burials, the elaboration of a plan for the construction of sustainable management practices, as well as a record of the straw withdrawals can provide a better quality of life for the natives of the communities avoiding new damages in the environment.
Keywords: Conhecimentos tradicionais
Calendários socionaturais
Etnomapas
Estrutura e dinâmica populacional
Buriti
Lavrado
Roraima
Traditional knowledge
Socio-environmental calendars
Etnomaps
Populational structures and dynamics
Savana ("Lavrado")
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/422
Issue Date: 2017
Appears in Collections:PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons