Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/403
Tipo: Dissertação
Title: Políticas públicas e vulnerabilidade ambiental da bacia hidrográfica Caranã, Boa Vista-RR
Other Titles: Public politics and environmental vulnerability of the hydrographic basin Caranã, Boa Vista-RR
Autor(es): Santos, Mayk Feitosa
Primeiro Orientador: Souza, Vladimir de
Resumo: A cidade de Boa Vista é caracterizada como uma superfície aplainada. Esse tipo de particularidade torna possível o surgimento de eventos de inundações. Com o aumento do processo de ocupação em áreas susceptíveis a desastres naturais, esses locais acabam se configurando áreas vulneráveis ambientalmente. Partindo desse princípio, a pesquisa buscou analisar e delimitar as áreas de vulnerabilidade ambiental da bacia hidrográfica Caranã, Boa Vista-RR. O presente estudo foi divido em três etapas: (I) Levantamento de dados secundários como artigos, livros, revistas, dissertações, teses, periódicos eletrônicos e imagens de satélites; (II) levantamento de dados primários que consistiram em várias atividades de campo com o intuito de coletar coordenadas geográficas, imagens digitais e imagens panorâmicas; (III) etapa de laboratório que consistiu na sintetização dos dados de campo para criação do banco de dados geográficos e estatísticos. A delimitação das áreas vulneráveis ambientalmente foi feita através do software Arcgis 10.3, com base no procedimento de ponderação das variáveis sociais e físicas de acordo com seu grau de importância. Essa técnica apontou que 40% da área da BHC está em situação de vulnerabilidade ambiental alta ou moderadamente alta, sendo observada nos bairros próximos a foz (Caranã, Jardim Caranã, União e Cauamé), também na margem esquerda nos bairros Murilo Teixeira Cidade e Cidade Satélite e na área de nascentes nos bairros Cruviana e Senador Hélio Campos. Essas áreas vulneráveis ambientalmente foram influenciadas pelo processo de ocupação estimulado pelos agentes sociais, em especial o Estado. Foi observado um agravamento das áreas ambientalmente vulneráveis pelas ocupações em áreas de APP, canalização de corpos hídricos, estrangulamento de lagos e nascentes do igarapé Caranã. Para reverter esse processo, são necessárias medidas estruturais e não estruturais para diminuição dessas aéreas vulneráveis, além de promover ações que estimulem a participação da população no planejamento e gestão do espaço urbano de Boa vista visando a preservação dos recursos naturais.
Abstract: Boa vista is a city characterized by its plain surface. This particular type makes flood events become possible. With increasing occupation process of natural disasters susceptible areas, these places often are set as environmentally vulnerable areas. Based on this principle, this research aimed to analyze and delimit the areas of environmental vulnerability of the hydrographic basin of Caranã, Boa Vista-RR. This study was divided in three steps: (I) secondary data survey as articles, books, magazines, dissertations, theses, electronic newspapers and satellite images; (II) Primary data survey which consisted in many field activities aiming to collect geographic coordinates, digital images and panoramic images;(III) laboratory stage which consisted on synthetizing field data to create a geographic and statistic data bank. The demarcation of environmentally vulnerable areas was made using the software Arcgis 10.3, based on the ponderation procedure of social and physic variables according to its importance degree. This technique pointed that 40% of the hydrographic basin of Caranã’s area are in high or moderately high environmental vulnerability, being observed in the districts near the mouth (Caranã, jardim Caranã, União e Cauamé) also on the left bank in districts Murilo Teixeira Cidade and Cidade Satélite and in the area of springs in the quarters Cruviana and Senador Hélio Campos. These environmentally vulnerable areas were influenced by the occupation process stimulated by the social agents, in particular, the State. It was Noticed an aggravation of environmentally vulnerable areas by occupations in APP areas, water bodies channeling, strangulation of lakes and springs of the Caranã stream. To reverse this process, structural and non-structural measures are needed to reduce these vulnerable areas, and also promote actions to encourage people participation in the planning and management of the urban space of Boa Vista aiming at the preservation of natural resources.
Keywords: Bacia hidrográfica
Vulnerabilidade
Inundação
Geotecnologia
Hydrographic
Vulnerability
Unundation
Geotechnology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/403
Issue Date: 2019
Appears in Collections:PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Políticas públicas e vulnerabilidade ambiental da bacia hidrográfica Caranã... Santos.pdfDissertação13,29 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons