Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/369
Tipo: Dissertação
Title: Educação na fronteira : desafios e perspectivas da educação escolar na fronteira Brasil-Guiana
Autor(es): Martino, Gildete Nunes de Sousa
Primeiro Orientador: Sousa, Ana Lúcia de
Resumo: A escola de fronteira é desafiada a repensar a sua prática e a encontrar meios para trabalhar a diversidade, visto que é lócus de encontro de diferentes sujeitos oriundos de distintas culturas, raças e etnias, os quais convivem em um mesmo espaço em que as relações são permeadas por diferentes ensinamentos familiares, culturais e sociais. À vista disso, compreendemos ser relevante conhecer e discutir sobre estas questões. Nesta pesquisa se buscou analisar o processo educativo e as relações entre alunos brasileiros não indígenas, indígenas e guianenses da escola Aldébaro José Alcântara, localizada no município de Bonfim-RR, que faz fronteira com a República Cooperativista da Guiana. Os participantes foram educadores e alunos do Ensino Médio. A análise dos dados mostrou que os educadores têm dificuldades em lidar com questões conflituosas de preconceito e de discriminação entre os discentes, sobretudo os relacionados aos desafios enfrentados pelos estudantes indígenas, oriundos das comunidades próximas, apontando a necessidade de elaborar um Projeto Político Pedagógico e um Currículo escolar, construído a partir da realidade cultural e étnica dessa escola. O estudo considera que a comunidade escolar deva repensar a sua prática, de modo a considerar a diversidade tão fortemente presente nessa escola de fronteira.
Abstract: The border school is challenged to rethink its practice and to find ways to work the diversity, since it is the meeting point of different people coming from different cultures, races and ethnicities, which coexist in the same space in which as relations are permeated by different family, cultural and social teachings. In view of this, we understand that it is relevant to know and discuss these issues. In this research, we seek to analyze the educational process and relations between Brazilian non-indigenous, indigenous and Guianese students of the Aldébaro José Alcântara School, located in the municipality of Bonfim-RR, which borders the Cooperative Republic of Guyana. The participants were educators and high school students. An analysis of the data showed that educators have difficulties in dealing with conflicting questions of prejudice and discrimination among students, especially those related to the challenges faced by indigenous students, coming from the nearby communities, pointing out the need to elaborate a Political Pedagogical Project and a Curriculum School, built from the cultural and ethnic reality of the school. The study considers that a school community should rethink its practice, in order to consider the diversity so strongly present in this border school.
Keywords: Escola de Fronteira
Diversidade
Processo educativo
Relações interculturais
Border School
Diversity
Educational process
Intercultural relations
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRPPG - Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: PPGSOF - Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Sociedade e Fronteiras
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/369
Issue Date: 2016
Appears in Collections:PPGSOF - Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Educação na fronteira _ desafios e perspectivas da educação escolar... Martino.pdfDissertação3,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons