Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/295
Tipo: Dissertação
Title: Análise morfométrica de lagos nas áreas aplainadas do nordeste de Roraima - Brasil
Autor(es): Pinheiro, Maria das Neves Magalhães
Primeiro Orientador: Evangelista, Renato Augusto de Oliveira
Resumo: Na porção nordeste do Estado de Roraima, no Pediplano Rio Branco – Rio Negro, mais precisamente na Formação Boa Vista, encontra - se uma extensa área aplainada, coberta por savanas, onde estão situados diversos lagos apresentando formas, profundidades e extensões muito variáveis. As medidas morfométricas desses corpos d'água foram adquiridas através do aplicativo Arc View 3.2, Software da Esri, sobre a imagem de satélite do Landsat 5, obtida em 2 de abril de 2006, sobre órbita/ponto 232/58 e de trabalhos de campo. Partindo dessa conjuntura, a presente pesquisa tem por objetivo realizar a análise da distribuição espacial e morfométrica desses lagos através do comportamento hidrológico, água estocada e fisiografia nas áreas aplainadas da região descrita. Os lagos apresentam formas circulares, subcirculares e subretangulares. Os lagos da área A são perenes, perdem parte do seu volume d'água estocada no período seco, mas não secam. Na área B, são fortemente influenciados pela sazonalidade. Ao avaliar o caráter intermitente em 19% dos lagos analisados em imagem de satélite, o restante - 81% - apresenta uma redução quase que total do espelho d'água. Esses lagos estão ligados a um ou dois canais de drenagem, apresentam uma grande densidade de macrófitas aquáticas, que se distribuem ao longo das depressões e estão fisiograficamente atrelados a solos areno - argilosos que ocorrem em relevos suaves-ondulados a ondulados, incidindo também a presença de lateritas na área A. Quanto ao direcionamento, provavelmente esteja condicionado às falhas relacionadas à neotectônica. A área A prevalece a direção NE a SW e, na área B, prevalece a direção L a W. Esses lagos aumentam substancialmente seu volume de água estocada no período chuvoso. Em relação à densidade lacustre, na área A é de 1% no período seco, subindo para 2% no período chuvoso; na área B é de 0,6% no período seco, subindo para 2% no período chuvoso. Tanto na área A quanto na área B os lagos representam muito pouco da área total selecionada.
Abstract: In the northeast portion of the State of Roraima, in Pediplano Rio Branco - Rio Negro, more precisely in the ‘Formação Boa Vista’ we find an extensive flat area, covered by ‘savannas’, where several lakes are placed presenting very variable forms, depths and extensions. The morfometric measures of those bodies of water were acquired through the application Arc View 3.2, Software of Esri, on the image of satellite of Landsat 5, obtained on April 2, 2006, in the point 232/58 and of field works. Thus, the present research has for objective to accomplish the analysis of the space and morfometric distribution of those lakes through the hidrology, stocked water and fisiografy in the flat areas of the described area. The lakes present circular, subcirculares and subretangulares forms. The lakes of the area are perennial, they lose part of their volume of water stocked in the dry period, but they don't dry. In the area B, the lakes are strongly influenced by the ‘sazonalidade’. When evaluating the intermittent character in 19% of the lakes analyzed in satellite image, the remaining - 81% - presents a reduction almost that total of the mirror of water. Those lakes are linked to one or two drainage channels, they present a great density of aquatic ‘macrófitas’, that are distributed along the depressions and they are fisiografically harnessed to soils areno - loamy that happen in soft-wavy reliefs the wavy ones, also happening the ‘lateritas’ presence in the area A. The direction of this area is probably conditioned to the flaws related to the neotectonic. In the area A prevails the direction NE SW and, in the area B, the direction prevails L to W. Those lakes increase their volume of water substantially stocked in the rainy period. The lacustrine density in the area A is of 1% in the dry period, arising for 2% in the rainy period; in the area B it is of 0,6% in the dry period, arising for 2% in the rainy period. Thus like in the area A as in the area B the lakes represent very little of the selected total area.
Keywords: Lagos
Comportamento hidrológico
Análise morfométrica
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
metadata.dc.publisher.program: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/295
Issue Date: 2007
Appears in Collections:PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análise morfométrica de lagos nas áreas aplainadas do nordeste de Roraima - Brasil.pdf5,32 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons