Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/200
Tipo: Dissertação
Title: Comportamento sexual de Anastrepha striata Schiner em condições de laboratório
Autor(es): Trassato, Luciana Baú
Primeiro Orientador: Lima, Antonio Cesar Silva
Resumo: Anastrepha striata Schiner é considerada uma das sete espécies de importância econômica no Brasil, podendo infestar mais de 16 famílias diferentes plantas hospedeiras, principalmente as da família Mirtaceae. Em vista da importância dessa espécie e da escassez de dados sobre o seu comportamento reprodutivo, este trabalho teve por objetivo obter informações sobre a idade de maturação sexual de machos e fêmeas e estudar e descrever o seu comportamento reprodutivo em laboratório. Os adultos de A. striata foram obtidos a partir de frutos de goiabeira (Psidium guajava L.). Os frutos coletados foram levados ao Laboratório de Proteção de Plantas da Universidade Federal de Roraima localizado no Centro de Ciências Agrárias, onde foram lavados com água destilada e depositados em recipientes plásticos contendo dois centímetros de areia esterilizada, no qual foi peneirada diariamente até a obtenção dos pupários. Os reciepientes plásticos eram cobertos com tecido voile. Foram utilizados sete casais de A. striata, da mesma idade para a observação da maturidade e atividade sexual. Os machos atingiram a maturidade sexual entre 12 e 16 dias após a emergência, com a maioria dos indivíduos tornando-se sexualmente maduros aos 14 dias de idade. Estes exibiram comportamento de sinalização às fêmeas, caracterizado pela distenção das bolsas abdominais. Durante este período, os machos realizavam rápidos movimentos das asas, produzindo sinais audíveis. Após a atração das fêmeas, os machos realizavam diversos movimentos de cortejo. As fêmeas alcançaram a maturidade sexual entre 16 e 19 dias da emergência, com a maioria tornando-se sexualmente maduras aos 17 dias de idade. As exibições diárias de atividades sexuais ocorreram principalmente no período entre 17:00 e18:00h. Anastrepha striata apresentou um acentuado padrão de protandria.
Abstract: Anastrepha striata Schiner é considerada uma das sete espécies de importância econômica no Brasil, podendo infestar mais de 16 famílias diferentes plantas hospedeiras, principalmente as da família Mirtaceae. Em vista da importância dessa espécie e da escassez de dados sobre o seu comportamento reprodutivo, este trabalho teve por objetivo obter informações sobre a idade de maturação sexual de machos e fêmeas e estudar e descrever o seu comportamento reprodutivo em laboratório. Os adultos de A. striata foram obtidos a partir de frutos de goiabeira (Psidium guajava L.). Os frutos coletados foram levados ao Laboratório de Proteção de Plantas da Universidade Federal de Roraima localizado no Centro de Ciências Agrárias, onde foram lavados com água destilada e depositados em recipientes plásticos contendo dois centímetros de areia esterilizada, no qual foi peneirada diariamente até a obtenção dos pupários. Os reciepientes plásticos eram cobertos com tecido voile. Foram utilizados sete casais de A. striata, da mesma idade para a observação da maturidade e atividade sexual. Os machos atingiram a maturidade sexual entre 12 e 16 dias após a emergência, com a maioria dos indivíduos tornando-se sexualmente maduros aos 14 dias de idade. Estes exibiram comportamento de sinalização às fêmeas, caracterizado pela distenção das bolsas abdominais. Durante este período, os machos realizavam rápidos movimentos das asas, produzindo sinais audíveis. Após a atração das fêmeas, os machos realizavam diversos movimentos de cortejo. As fêmeas alcançaram a maturidade sexual entre 16 e 19 dias da emergência, com a maioria tornando-se sexualmente maduras aos 17 dias de idade. As exibições diárias de atividades sexuais ocorreram principalmente no período entre 17:00 e18:00h. Anastrepha striata apresentou um acentuado padrão de protandria.
Keywords: Comportamento reprodutivo
Moscas-das-frutas
Ritmo Circadiano
Tephritidae
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
metadata.dc.publisher.program: POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/200
Issue Date: 2016
Appears in Collections:POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Comportamento sexual de Anastrepha striata Schiner em condições de laboratório.pdf965,44 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons