Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/192
Tipo: Dissertação
Title: O direito à cidadania no espaço urbano o deslocamento por transporte público (ônibus) e por transporte alternativo (táxi-lotação) em Boa Vista-RR
Autor(es): Pieve, Evelise Michele Nunes
Primeiro Orientador: Rosa Filho, Artur
Resumo: As relações sociais que se estabelecem na cidade influenciam em seu processo de formação socioespacial, bem como no seu processo de produção. A cidade atrai pessoas, investimentos, comércios, negócios e essas relações também são responsáveis pelo processo de produção do espaço. A cidade “tipicamente” capitalista surgiu sob a égide do mecanismo de mercado, principalmente pelas transações imobiliárias, nos loteamentos, e mais tarde no espaço urbano produzido sob o impacto do automóvel. A lógica capitalista que se reproduz na cidade acompanhada pela lógica do mercado imobiliário acaba influenciando diretamente no processo de formação socioespacial desigual da cidade. Pode-se dizer que estes são os principais fatores que influenciam no aprofundamento da segregação socioespacial, direcionando investimentos em áreas de maior potencial para o desenvolvimento de atividades capitalistas em detrimento de outras, consideradas menos “lucrativas” do ponto de vista do capital especulativo. Como resultado, obtém-se uma paisagem urbana marcada pela desigualdade social. Assim, a cidade se torna cada vez mais fragmentada, mercantilizada, e a produção do espaço, cada vez mais necessária à reprodução do capital. Nesse sentido, a luta pelo direito à cidade orienta-se pela superação da propriedade privada do espaço urbano, a fim de que a cidade passe a ser vista como obra e compreendida como valor de uso. Nesse sentido, a circulação intra-urbana é compreendida como um ponto chave na dinâmica de produção e reprodução do espaço da cidade. Portanto, é também importante para a superação do processo de segregação socioespacial, resultado da lógica capitalista de valorização do espaço urbano. Nesse contexto, a presente dissertação tem por objetivo analisar a dinâmica do transporte coletivo de Boa Vista, composta por transporte público – ônibus – e transporte alternativo – táxi-lotação – e o direito à cidade aos seus usuários. Para alcançar tais objetivos, foram necessários levantamentos bibliográficos sobre produção do espaço urbano, transporte público e direito à cidade, além de análises de cartas e mapas do transporte público da cidade, aplicação de questionários com usuários de transporte coletivo e entrevistas em órgãos públicos, empresas de ônibus e cooperativa de táxi-lotação.
Abstract: The social relations that are established in the city influence in its socio-spatial formation process, as well as in its production process. The city attracts people, investments, trades, businesses and these relationships are also responsible for the space production process. The "typical" capitalist city emerged under the support of the market mechanism, mainly through real estate transactions, in lands, and later in the urban space produced under the impact of the automobile. The capitalist logic that reproduces in the city accompanied by the logic of the real estate market ends up directly influencing the process of uneven socio-spatial formation of the city. It can be said that these are the main factors that influence the deepening of socio-spatial segregation, directing investments in areas of greater potential for the development of capitalist activities to the detriment of others, considered less "profitable" from the point of view of speculative capital. As a result, the city obtains an urban landscape marked by social inequality. Thus, the city becomes increasingly fragmented, commodified, and the production of space, increasingly necessary for the reproduction of capital. In this sense, the struggle for the right to the city is guided by the overcoming of private property of urban space, so that the city can be seen as a work and understood as use value. In this sense, intra-urban circulation is understood as a key point in the dynamics of production and reproduction of the city's space. Therefore, it is also important to overcome the socio-spatial segregation process, a result of the capitalist logic of valorization of the urban space. In this context, the purpose of this dissertation is to analyze the dynamics of the collective transport of Boa Vista, composed of public transport – bus – and alternative transportation – táxi-lotação – and the right to the city to its users. In order to achieve these objectives, it was necessary to collect bibliographical data on the production of urban space, public transportation and the right to the city, as well as analyzes of maps and maps of the city's public transport, questionnaires with users of public transportation and interviews with public agencies, bus companies and táxi-lotação cooperative.
Keywords: Direito à cidade
Mobilidade urbana
Transporte público
Transporte alternativo
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA HUMANA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia
metadata.dc.publisher.program: PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/192
Issue Date: 2018
Appears in Collections:PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons