Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/185
Tipo: Dissertação
Title: Ocorrência e períodos de interferência de plantas daninhas na cultura de feijão-caupi em cultivares de porte semiereto e semiprostrado
Autor(es): Castro, Thaís Santiago
Primeiro Orientador: Rocha, Paulo Roberto Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Alves, José Maria Arcanjo
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Albuquerque, José de Anchieta Alves de
Resumo: Objetivou-se com este trabalho determinar a ocorrência e períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do feijão-caupi em cultivares de porte semiereto e semiprostrado. Dois experimentos foram implantados no campo experimental da Universidade Federal de Roraima, Campus Cauamé, município de Boa Vista-RR, foram conduzidos no período de agosto a outubro de 2016 com as cultivares de feijão-caupi BRS Guariba de porte semiereto e BRS Aracê de porte semiprostrado. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial 7x2 consistindo em 7 períodos de controle x 2 tipos de manejos das plantas daninhas. Os períodos de controle e convivência para as cultivares BRS Guariba e BRS Aracê consistiram respectivamente em 0, 0-8, 0-16, 0-24, 0-32, 0-45, 0-60 DAE e 0, 0-8, 0-16, 0-24, 0-32, 0-45, 0-64 dias após a emergência (DAE). Foi avaliado a composição da comunidade de plantas daninhas, visando à obtenção do parâmetro fitossociológico (importância relativa), assim como os componentes de produção do feijão-caupi (Estande final, Número de vagens por planta, Comprimento de vagem, Massa de 100 grãos e Produtividade de grãos). As plantas daninhas que se destacaram em convivência com ambas cultivares foram a Digitaria horizontalis, Cenchrus echinatus e Desmodium tortuosum. A interferência ocasionada pelas plantas daninhas em convivência com a cultura influenciou negativamente as variáveis número de vagens por planta e produtividade. A competição durante todo o ciclo reduziu a produtividade em até 39,81% para a cv. BRS Guariba e 37,27% para a cv. BRS Aracê. Considerando-se 5% de perdas na produtividade para as cultivares de feijão-caupi BRS Guariba e BRS Aracê, o período anterior à interferência (PAI) foram de 9 e 15 DAE, respectivamente; o período total de prevenção à interferência (PTPI) de 41 e 32 DAE e o período crítico de prevenção à interferência (PCPI) de 9 a 41 DAE e 15 a 32 DAE, respectivamente. A cv. BRS Aracê de porte semiprostrado apresentou competitividade com as plantas daninhas, necessitando menor período de controle para expressar a máxima produtividade.
Abstract: The objective of this work was to determine the occurrence and periods of weed interference in cowpea cultivars in semi-erect and semi-prostrate cultivars. Two experiments were carried out in the experimental field of the Federal University of Roraima, Campus Cauamé, municipality of Boa Vista-RR, were conducted in the period from August to October 2016 with BRS Guariba cowpea cultivars semi-erect and BRS Aracê semi-prostrate. The experimental design was in randomized blocks, with four replications, in a 7x2 factorial scheme consisting of 7 control periods x 2 types of weed management. The control and coexistence periods for cultivars BRS Guariba and BRS Aracê consisted respectively of 0, 0-8, 0-16, 0-24, 0-32, 0-45, 0-60 DAE and 0, 0-8, 0-16, 0-24, 0-32, 0-45, 0-64 days after emergency (DAE). The composition of the weed community was evaluated in order to obtain phytosociological parameter (relative importance), as well as the production components of cowpea (Final stand, Number of pods per plant, Bean length, 100 grain mass and grain yield). The weeds that stood out in coexistence with both cultivars were Digitaria horizontalis, Cenchrus echinatus and Desmodium tortuosum. The interference caused by weeds in coexistence with the crop influenced negatively the number of pods per plant and productivity. Competition throughout the cycle reduced productivity by up to 39.81% for cv. BRS Guariba and 37.27% for cv. BRS Aracê. Considering 5% productivity losses for BRS Guariba and BRS Aracê cowpea cultivars, the period prior to interference (PAI) were 9 and 15 days after emergence (DAE), respectively; The total interference prevention period (PTPI) of 41 and 32 DAE and the critical period of interference prevention (PCPI) of 9 to 41 DAE and 15 to 32 DAE, respectively. The cv. BRS Aracê of semi-prostrate bearing presented competitiveness with weeds, requiring a shorter control period to express maximum productivity.
Keywords: Feijão-caupi
Fitossociologia
Plantas daninhas
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
metadata.dc.publisher.program: POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/185
Issue Date: 2017
Appears in Collections:POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons