Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/158
Tipo: Dissertação
Title: Diagnóstico de uma lagoa de infiltração receptora de efluentes tratados de matadouro visando a conservação da bacia hidrográfica do igarapé Água Boa-RR
Autor(es): Martins, Cíntia de Castro Garcia
Primeiro Orientador: Bethonico, Maria Bárbara de Magalhães
Resumo: A grande demanda interna e externa por produtos da indústria cárnea desencadeia uma produção crescente deste setor e como consequência, são geradas diariamente águas residuárias com cargas poluidoras que podem comprometer a bacia hidrográfica, na qual está inserida. Diante disso, a pesquisa teve como objetivo realizar um diagnóstico da lagoa de infiltração, receptora do efluente tratado do Matadouro e Frigorífico Industrial de Roraima - MAFIR, localizado na bacia hidrográfica do Igarapé Água Boa, em Boa Vista - RR. Uma região socioeconômica de pequeno a grande porte, com a presença de balneários e usos restritivos da água. Foi realizado um monitoramento visando a conservação da bacia, com seis coletas no período seco de setembro de 2015 a abril de 2016, em seis pontos de amostragem, sendo quatro na lagoa de infiltração (LAG) com efluente tratado e dois no igarapé Água Boa, a montante (IGM) e jusante (IGJ) da lagoa, utilizando parâmetros físicos, químicos, hidrobiológicos e microbiológicos de qualidade: pH, temperatura, sólidos totais dissolvidos, sólidos totais, condutividade elétrica, turbidez, salinidade, demanda bioquímica de oxigênio, fósforo total, nitrato, nitrito, nitrogênio amoniacal, clorofila a, coliformes totais, coliformes termotolerantes, Escherichia coli, bactérias heterotróficas e índice de estado trófico. E realizada uma análise da área superficial da lagoa de infiltração utilizando pesquisa bibliográfica, registro fotográfico e imagens de satélite históricas. A partir disso, foi verificado que o igarapé Água Boa, nos pontos monitorados, são ambientes ultraoligotróficos, apesar das concentrações da demanda biológica de oxigênio e fósforo total acima do permitido para águas de classe 2, apresentaram qualidade insatisfatória para contato primário em abril no ponto IGJ devido a densidade de coliformes termotolerantes e E. coli e qualidade de água similar estatisticamente (p<0,05). O efluente da lagoa de infiltração apresentou-se homogêneo, com exceção à densidade de bactérias heterotróficas. E as concentrações de sólidos totais dissolvidos, turbidez, fósforo total, demanda bioquímica de oxigênio, clorofila a, nitrito e nitrogênio amoniacal, em algum período do monitoramento, poderiam comprometer a qualidade das águas superficiais do igarapé Água Boa, caso o mesmo fosse o corpo receptor. Outra resultado importante é a oscilação da área superficial da lagoa que, atualmente, corresponde a um acréscimo de 58% à área de 2003, mas já chegou a um aumento de 76% em 2012 e está diretamente correlacionada com o número de abate. Assim, conclui-se que a implantação da lagoa de infiltração como uma alternativa para o recebimento dos efluentes do MAFIR ao invés do lançamento direto ao igarapé Água Boa, mostrou-se realmente necessária, considerando a qualidade do efluente tratado. No entanto, demanda monitoramento operacional e estrutural de forma a evitar contaminação das águas superficiais e subterrâneas e prejuízos à saúde pública e a vida aquática. E por fim, não foi possível afirmar que existe uma contribuição para a degradação da microbacia hidrográfica do igarapé Água Boa por parte do processo de disposição de efluente em solo realizado pelo MAFIR, mas recomenda-se que sejam implantadas ações de monitoramento no sistema de tratamento do matadouro de forma a garantir a conservação da microbacia do Água Boa.
Abstract: The great internal and external demand for products of the meat industry triggers an increasing production in that sector and, as a result, wastewater filled with pollutants is generated daily, which can compromise the drainage basin in which it is inserted. In face of that, this research aimed at diagnosing the infiltration pond that receives the treated effluent of the Industrial Slaughterhouse and Cold Storage of Roraima (MAFIR) located in the Água Boa stream’s drainage basin in Boa Vista - RR. A socioeconomic region of small to large size, containing bathing spots and restricted use of water. Looking to preserve the basin, it was monitored with six data collections in dry season from September 2015 to April 2016 in six different sampling points, four of them being on the infiltration pond (LAG) with the treated effluent and two on the Água Boa stream, upstream (IGM) and downstream (IGJ) of LAG, using the following physical, chemical, hidrobiological and microbiological parameters of quality: pH, temperature, total dissolved solids, electrical conductivity, turbidity, salinity, biochemical oxygen demand, total phosphorous, nitrates, nitrites, ammoniacal nitrogen, chlorophyll a, total coliforms, thermotolerant coliforms, Escherichia coli, heterotrophic bacteria and trophic level index. An analysis of the infiltration pond area was also performed using literature review, photographic records and historical satellite images. Based on that, it was verified that the monitored points of the Água Boa stream is an ultraoligotrophic environment, with biological oxygen demand and phosphorous concentrations above the permitted in class 2 waters in April at the IGJ sample point, an unsatisfactory quality for primary contact due to the density of thermotolerant coliforms and E. coli and water quality statistically similar (p<0,05). The treated effluent present at the infiltration pond was homogenous, except for heterotrophic bacteria density, and had concentrations of total dissolved solids, turbidity, total phosphorous, biochemical oxygen demand, chlorophyll a, nitrite and ammoniacal nitrogen, at some point of the monitoring, that could compromise the quality of the Água Boa stream’s superficial water if it became the recipient water body. Another important result is the oscillation of the pond’s superficial area, which currently, corresponds to a 58% increase when compared to 2003 but used to be a 76% increase in 2012, and it’s directly correlated to the amount of slaughtering. Thus, it is concluded that the implementation of the infiltration pond as an alternative recipient for MAFIR’s effluents instead of releasing it directly into the Água Boa stream was really necessary, considering the amount of the treated effluent. However, operational and structural monitoring is required to prevent the contamination of superficial and subterranean water and damage to public health and aquatic life. Lastly, it wasn’t possible to assert that there is a contribution to the degradation of the Água Boa stream’s microbasin caused by the disposal of effluent in the soil done by MAFIR, but it is recommended to implement monitoring actions on the slaughterhouse’s sewage treatment plant, in order to guarantee the microbasin’s conservation.
Keywords: Recursos hídricos
Monitoramento ambiental
Qualidade da água
Roraima
Igarapé Água Boa
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
metadata.dc.publisher.program: PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/158
Issue Date: 12-Aug-2016
Appears in Collections:PRONAT - Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.