Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/148
Tipo: Dissertação
Title: Análise da fragilidade ambiental no Igarapé Caranã em Boa Vista, RR
Autor(es): Barros, Roberto Cavalcante
Primeiro Orientador: Souza, Vladimir de
Resumo: O trabalho em apreço busca analisar o grau de fragilidade ambiental para movimento de massa, inundação e erosão, bem como classificar a área de estudo – Bacia do Igarapé Caranã em Boa Vista/RR - em unidades geoambientais por meio de estudos de elementos do meio físico e ocupação espacial da área. Ajustes foram necessários no mapa temático de geologia e nos mapas gerados com a utilização de técnicas integradas de sensoriamento remoto e sistemas de informações geográficas (SIG). O método adotado consiste na aquisição de informações bibliográficas, na elaboração e organização de base de dados, na elaboração dos mapas de fragilidade ambiental para movimento de massa, erosão e inundação e na sua posterior classificação em unidades geoambientais. Os resultados mostram que relativamente à ou tendo em consideração a fragilidade para movimento de massa, a classe de fragilidade ambiental mais representativa foi a baixa (78,67%), seguida da classe muito baixa (18,10%). As classes de fragilidade ambiental alta e muito alta (1,25%) localizadas no quadrante nordeste da área de estudo, constituem porções do terreno com tendência abrupta a modelagem da paisagem. A classe de fragilidade ambiental para inundação apresenta como predominantes a média e a alta, diferentemente da vulnerabilidade erosiva na área do igarapé Caranã, cujas predominâncias são as classes muito baixa e baixa (76%) as quais são seguidas da média e alta (20%) e muito alta (4%). Por fim, cruzando os tipos de fragilidade ambiental, a bacia foi classificada em três classes de unidades geoambientais, quais sejam: fragilidade geoambiental I (60%) que ocupa quase a totalidade da bacia e apresenta média fragilidade a inundação. A unidade de fragilidade geoambiental II (39%), a qual apresenta média e alta tendência a erosão e alta tendência a inundação e, finalmente, a unidade de fragilidade geoambiental III, onde apenas 1% da área estudada apresenta alta fragilidade a movimento de massa, erosão e inundação.
Abstract: The present work aims to analyse the degree of envinronmental fragility for mass movement, flooding and erosion, as well as to classify Igarapé do Caranã basin in geoenvironmental unities by studies of environmental elements and spatial occupation of the area. Adjustments were needed in the thematic maps of geology and the maps generated using integrated techniques of remote sensing and geographic information system (GIS). The selected method is separated in acquisition of bibliographic information, elaboration and organization of the database, elaboration of the environmental fragility maps for mass movement, erosion and flooding and geoenvironmental unities. Results show that regarding to mass movement fragility, the more representative environmental fragility class was low (78,67%) followed by very low class (18,10%). High and very high classes of environmental fragility (1,25%) located in the north-east quadrant of the study area, consist in parts of the land with an abrupt trend for landscape modeling. The environmental fragility class for flooding shows medium and high as predominant classes. Regarding to erosive vulnerability of Igarapé Canarã area, the predominant classes are very low and low (76%) followed by medium and high (20%) and very high (4%). Finally, grading the types of environmental fragility, the basin was classified in three classes of geoenvironmental unities where we have Environmental Fragility I (60%) which occupies almost all the basin and presents medium fragility to flooding. Unity Environmental Fragility II (39%) presents medium and high tendency to erosion and high tendency to flooding. The Unity of Environmental Fragility III (1% of study area) presents high fragility to mass movement, erosion and flooding.
Keywords: Fragilidade ambiental
Movimentos de massa
Erosão
Inundação
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia
metadata.dc.publisher.program: PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/148
Issue Date: 2016
Appears in Collections:PPG-GEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análise da fragilidade ambiental no Igarapé Caranã em Boa Vista, RR.pdf2,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.