Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/130
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Smiderle, Oscar José-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6069274946617843pt_BR
dc.creatorMenezes, Pedro Henrique Santos de-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6234205215173502pt_BR
dc.date.accessioned2019-02-04T13:56:06Z-
dc.date.available2019-02-04T13:56:06Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/130-
dc.description.abstractThe arrangement of plants is a management practice that has been studied over the years and shows, in soybean, an association with the spatial distribution modification and the increase of yield per area. Phytosociological surveys in crop area are of great importance, as they provide which species are highlighted. These indices allow the knowledge of the most important weeds within the weed community, for which we must determine management alternatives or even changes in the system, in order to enable its control. The objective of this study was to evaluate the effects of different densities of soybean plants on agronomic characteristics and also to identify weeds in different management areas of soil preparation for soybean cultivation in the Cerrado of Roraima. The experiments were implemented and conducted in cerrado area, in the experimental field Água Boa of Embrapa Roraima. For the plant arrangement experiments, a randomized block design was used in a 2x4 factorial scheme, with four replications. The treatments consisted of two years of soybean cultivation, sown in four plant densities. The following agronomic characteristics were evaluated: plant height; height of the first pod insertion; stem diameter; number of node on stem; number of pods per plant; number of branches per plant; dry mass of the plant; crop index and grain yield. The data obtained from the measured variables were submitted to analysis of variance with application of the F test at 5% probability. The values referring to the means of the cultivars were compared by the Tukey test at 5% of probability and those referring to the effects of plant densities were measured by polynomial regression analysis. The weed phytosociology experiment was carried out in three different areas. For the samplings a square of welded iron was used in the ends with dimensions of 0.50 x 0.50 m. It was identified the class, family, scientific name, common name and described the type of propagation, growth habit, life cycle and dry mass (%). A descriptive analysis of the phytosociological parameters was carried out: relative density, relative frequency, relative dominance, importance value index and relative importance index. The Weed Similarity Index was calculated for the areas. The highest average yield of BRS 8381 soybeans is obtained with the population of 387,448 plants per hectare and BRS Tracajá soybean is obtained with 240,000 plants per hectare in the cerrado of Roraima. The treatments used favored the appearance of new weed species. Among the species collected in the area, the botanical families Poaceae, Cyperaceae, Fabaceae and Rubiaceae are the most representative.pt_BR
dc.description.resumoO arranjo de plantas é uma prática de manejo que vem sendo estudada ao longo dos anos e demonstra ter, em soja, associação com a modificação da distribuição espacial e o aumento de rendimento por área. Os levantamentos fitossociológicos em área de cultivos são de grande importância, pois fornecem quais espécies estão em destaque. Esses índices permitem o conhecimento das plantas daninhas mais importantes dentro da comunidade infestante, para as quais se devem determinar alternativas de manejo ou mesmo mudanças no sistema, a fim de viabilizar o seu controle. Desse modo, objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes densidades de plantas de soja sobre características agronômicas e tambem identificar as plantas daninhas em áreas de diferentes manejos de preparo do solo para cultivo de soja no Cerrado de Roraima. Os experimentos foram implantados e conduzidos em área de cerrado, no campo experimental Água Boa da Embrapa Roraima. Para os experimentos de arranjo de plantas foi utilizado delineamento em blocos ao acaso em esquema fatorial 2x4, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram de dois anos de cultivo da soja, semeadas em quatro densidade de plantas. Foram avaliadas as seguintes características agronômicas: altura de planta; altura da inserção da primeira vagem; diâmetro do caule; número de nó na haste; número de vagens por planta; número de ramos por planta; massa seca da planta; índice de colheita e produtividade de grãos. Os dados obtidos das variáveis mensuradas foram submetidos à análise de variância com aplicação do teste F a 5% de probabilidade. Os valores referentes as médias das cultivares foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade e os referentes aos efeitos das densidades de plantas foram mensurados por análise de regressão polinomial. Já o experimento de fitossociologia de plantas daninhas foi realizado em três áreas diferenciadas. Para as amostragens foi utilizado um quadrado de ferro soldado nas extremidades com dimensões de 0,50 x 0,50 m. Foi identificado a classe, família, nome cientifico, nome comum e descritos o tipo de propagação, hábito de crescimento, ciclo de vida e avaliado a massa seca (%). Em seguida foi realizada a análise descritiva dos parâmetros fitossociológicos: densidade relativa, frequência relativa, dominância relativa, índice de valor de importância e índice de importância relativa. Calculou-se o Índice de Similaridade das plantas daninhas nas áreas. A maior produtividade média de grãos de soja BRS 8381 é obtida com a população de 387.448 plantas por hectare e da soja BRS Tracajá é obtida com 240.000 plantas por hectare no cerrado de Roraima. Os manejos utilizados favoreceram o aparecimento de novas espécies de plantas daninhas. Dentre as espécies coletadas na área, as famílias botânicas Poaceae, Cyperaceae, Fabaceae e Rubiaceae são as de maior representatividade.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Lauro Sousa (repositorio@ufrr.br) on 2019-02-04T13:56:06Z No. of bitstreams: 1 Densidade de plantas no desempenho agronômico de duas cultivares de soja e fitossociologia de espécies daninhas no cerrado de Roraima.pdf: 919648 bytes, checksum: e2754788b0cc18d7ca1d962674e00fa7 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-02-04T13:56:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Densidade de plantas no desempenho agronômico de duas cultivares de soja e fitossociologia de espécies daninhas no cerrado de Roraima.pdf: 919648 bytes, checksum: e2754788b0cc18d7ca1d962674e00fa7 (MD5) Previous issue date: 2017en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Roraimapt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentPOSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomiapt_BR
dc.publisher.programPOSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectGlycine maxpt_BR
dc.subjectDensidade de plantaspt_BR
dc.subjectProdução de gãospt_BR
dc.subjectPlantas infestantespt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApt_BR
dc.titleDensidade de plantas no desempenho agronômico de duas cultivares de soja e fitossociologia de espécies daninhas no cerrado de Roraimapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Appears in Collections:POSAGRO - Programa de Pós-Graduação em Agronomia



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.