Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/112
Tipo: Dissertação
Title: Histórias de adolescentes autores de atos infracionais Institucionalizados em um Centro Socioeducativo de Roraima
Autor(es): Martins, Maríia Ross dos Reis Pantoja
Primeiro Orientador: Costa, Eliane Silvia
Resumo: A partir de entrevistas realizadas com adolescentes reincidentes na realização de atos infracionais e que foram sentenciados com medida socioeducativa em meio fechado, cumprida em uma unidade de Boa Vista-RR, a presente dissertação teve como objetivo geral: Analisar a história de vida deles. Seus objetivos específicos foram: (a) identificar fatores que contribuíram para que praticassem atos infracionais e para a sua reincidência e (b) conhecer a dinâmica da Unidade Socioeducativa e a avaliação que fazem dos atendimentos oferecidos a eles no cumprimento de suas medidas como processo de ressocialização. Metodologicamente, a pesquisa teve como inspiração a História Oral de Vida, sendo que, do ponto de vista do procedimento, foram realizadas entrevistas abertas, bem como observação de campo e registros de dados da instituição. Em termos de resultados, evidenciei como fatores importantes: todos os adolescentes entrevistados afirmaram sofrer algum tipo de violência dentro ou fora da instituição, sendo uma delas o fato de viverem em condições financeiras bastante precárias ou de extrema pobreza; além disso, a maioria deles antes da internação já havia abandonado o ambiente escolar e o uso abusivo de drogas ilícitas fazia parte de suas vidas. Na instituição, esses adolescentes (que desde os 12 anos de idade passam por processos de reclusão em ambiente socioeducativo) vivenciaram experiências punitivas, sendo que, para eles, a concepção recuperadora do CSE/RR é repressiva, ou seja, consideram que, para o CSE/RR, o processo de ressocialização redunda em repressão. Os resultados mostram que esses adolescentes apresentam uma trajetória de vida marcada por violência, pobreza, fracasso escolar, inclusão social marginal e que, por isso mesmo, buscam reconhecimento nas amizades e respeito nos laços afetivos que constroem na trajetória de sua vida criminal. Diante da complexidade e das problemáticas que esta temática ofereceu, por intermédio do olhar dos entrevistados, busquei uma compreensão do papel da instituição socioeducativa de privação de liberdade em Roraima e seus elementos simbólicos e os fenômenos sociais que ocorrem dentro e fora dos muros dela, da instituição.
Abstract: Based on interviews conducted with adolescents who were recidivists in the conduct of infractions and who were sentenced with a socioeducational measure in a closed environment, carried out in a unit of Boa Vista-RR, the present dissertation had as general objective: To analyze their life history. Its specific objectives were: (a) to identify factors that contributed to the practice of infractions and their recidivism; and (b) to know the dynamics of the Socio-Educational Unit and the evaluation they make of the assistance offered to them in complying with their measures as a process of re-socialization. Methodologically, the research was inspired by the Oral History of Life, and from the point of view of the procedure, open interviews were conducted, as well as field observation and data records of the institution. In terms of results, I highlighted as important factors: all adolescents interviewed stated that they suffered some kind of violence inside or outside the institution, one of them being living in very precarious financial conditions or extreme poverty; in addition, most of them before the hospital had already left the school environment and the abusive use of illicit drugs was a part of their lives. At the institution, these adolescents (who, since the age of 12, undergo processes of detention in a socio-educational environment) experienced punitive experiences, and for them the recuperative conception of the CSE / RR is repressive, that is, they consider that for the CSE / RR, the re-socialization process leads to repression. The results show that these adolescents present a life trajectory marked by violence, poverty, school failure, marginal social inclusion and that, for this reason, they seek recognition in the friendships and respect in the affective bonds that build in the trajectory of their criminal life. In view of the complexity and problems that this theme offered, through the interviewees' perspective, I sought an understanding of the role of the socio-educational institution of deprivation of liberty in Roraima and its symbolic elements and social phenomena that occur inside and outside its walls, institution.
Keywords: Adolescência
Socioeducação
Atos infracionais
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Roraima
Sigla da Instituição: UFRR
metadata.dc.publisher.department: PPGSOF - Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras
metadata.dc.publisher.program: PPGSOF - Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufrr.br:8080/jspui/handle/prefix/112
Issue Date: 30-May-2018
Appears in Collections:PPGSOF - Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.